O orientalismo no discurso da mídia: a cobertura da Folha de São Paulo durante a Revolução Egípcia de 2011

  • João Victor Borba MOURA E SILVA
  • Ada Cristina Machado da SILVEIRA

Resumo

Este artigo pretende investigar a cobertura do jornal Folha de São Paulo aos protestos que levaram a deposição de Hosni Mubarak no Egito – eventos que ficaram conhecidos como Revolução Egípcia de 2011. Este estudo abordará a questão a partir do ponto de vista do Orientalismo, de Edward Said, procurando identificar na cobertura a validade dos conceitos apresentados naquela obra, utilizando em especial o que o autor chamou de “dogmas orientalistas”. A partir disso, analisamos o discurso jornalístico empregando uma interpretação baseada na chamada Análise do Discurso de corrente francesa, a partir das contribuições de Michel Pêcheux e Eni Orlandi.
Publicado
2012-11-24
Como Citar
MOURA E SILVA, J. V. B.; SILVEIRA, A. C. M. DA. O orientalismo no discurso da mídia: a cobertura da Folha de São Paulo durante a Revolução Egípcia de 2011. Culturas Midiáticas, v. 5, n. 2, 24 nov. 2012.
Seção
Artigos

Artigos mais lidos do (s) mesmo (s) autor (es)