A gota d’água que irrompe da tensão entre público e privado: a ameaça de expulsão do correspondente Larry Rohter, do New York Times

  • Ivan PAGANOTTI

Resumo

O artigo analisa a ameaça de expulsão do correspondente internacional Larry Rohter, do jornal The New York Times, após publicar texto sobre excessos no consumo de álcool do presidente Luis Inácio Lula da Silva, em 2004. Partindo de temas identificados com a imagem brasileira (como pobreza, corrupção, subdesenvolvimento e excessos carnavalescos), a reportagem simboliza uma colisão entre valores de abertura e transparência com o respeito à autoridade e privacidade. A resposta desproporcional do governo brasileiro, que ameaçava cercear a liberdade de imprensa, revela a disputa por um campo de poder de vigilância que determina quais desvios devem ser controlados, e por quem: sejam excessos etílicos do presidente, vigiados pelo correspondente, ou a crítica excessiva do jornalista, que suscitou a ameaça de sua expulsão pelo governo.
Publicado
2012-11-24
Como Citar
PAGANOTTI, I. A gota d’água que irrompe da tensão entre público e privado: a ameaça de expulsão do correspondente Larry Rohter, do New York Times. Culturas Midiáticas, v. 5, n. 2, 24 nov. 2012.
Seção
Artigos