Entre fronteiras: estéticas midiáticas na diáspora queer

  • Hadriel Geovani da Silva Theodoro

Resumo

A partir do documentário “Angel” (2010), de Sebastiano d’Ayala Valva, busca-se problematizar de que forma as estéticas midiáticas se inscrevem nas experiências de vida de migrantes LGBTIQ+ (lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transgêneros, transexuais, intersexo, queer e outras minorias de gênero e/ou sexuais). Nesse sentido, o objetivo é averiguar a construção de estéticas midiáticas na/da diáspora queer. Os procedimentos metodológicos estabelecidos articulam uma reflexão teórica sobre a temática com uma análise audiovisual do referido documentário (descritivo-analítica). Como principais apontamentos, destaca-se o viés político do que se pode considerar queer-estéticas e os processos de exclusão que a tomam como fundamento. Palavras-chave: Diáspora queer. Imigração LGBTIQ+. Estética. Mídia.
Publicado
2018-12-18
Seção
Artigos