Vozes periféricas em diálogo:

política e utopia no podcast Mano a Mano

Autores

Palavras-chave:

Podcast, Mano a Mano, Mano Brown, Dialogismo, Vozes periféricas

Resumo

O artigo busca compreender como vozes sociais ligadas a diferentes posicionamentos semântico-axiológicos/ideológicos (FARACO, 2022) são representadas e orquestradas na tessitura do podcast Mano a Mano, apresentado pelo rapper Mano Brown. Para tanto, recorre à perspectiva de análise dialógica dos enunciados desenvolvida por intelectuais ligados ao assim chamado Círculo de Bakhtin (VOLÓCHINOV, 2017; BAKHTIN, 2016), concentrando-se, como ensaio analítico, no sexto episódio da primeira temporada de Mano a Mano, no qual Brown entrevista o vereador Fernando Holiday. O trabalho mostra que a dialogização de vozes ligadas a posicionamentos semântico-axiológicos diversos constitui, além de traço estilístico característico de Mano a Mano, um recurso discursivo por meio do qual os enunciados do podcast acessam debates de importância político-social e estabelecem trocas discursivas em relação ao campo político.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jennifer Aline do Lago Souza, Universidade Anhembi Morumbi (UAM)

Mestranda pelo Programa de Comunicação da Universidade Anhembi Morumbi, com bolsa CAPES/PROSUP, sob a orientação da Profa. Dra. Nara Lya Cabral Scabin. 

Nara Lya Cabral Scabin, Universidade Anhembi Morumbi (UAM)

Professora do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Anhembi Morumbi. Doutora em Ciências da Comunicação (USP), com pós-doutorado em Comunicação e Práticas de Consumo (ESPM).

Downloads

Publicado

2023-12-22

Como Citar

LAGO SOUZA, J. A. do; SCABIN, N. L. C. Vozes periféricas em diálogo:: política e utopia no podcast Mano a Mano. Culturas Midiáticas, [S. l.], v. 20, p. 116–137, 2023. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/cm/article/view/67812. Acesso em: 23 jun. 2024.