Submissões

O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • O texto deve estar enquadrado no foco e escopo da revista, descritos na seção “Sobre a Revista”
  • Os manuscritos devem originais e inéditos. Casos especiais devem ser justificados em “Comentários ao Editor”. Além disso, quando forem submetidos à Revista de Ciências Sociais Política & Trabalho e estiverem em processo de avaliação, não poderão ser submetidos, simultaneamente, a outro periódico.
  • As propostas de resenhas devem ser de obras publicadas no Brasil ou exterior há no máximo 5 anos, e devem ter 7 a 10 páginas, com no máximo 3750 palavras
  • O texto deve ter de 15 a 20 páginas, com no máximo 7500 palavras e pode ser analítico ou de revisão resultante de pesquisas originais teóricas ou empíricas referentes a temas de interesse para a revista
  • O texto deve estar em espaço 1,5; com fonte Times New Roman de 12 pontos; margem superior e esquerda de 3 cm e inferior e direita de 2 cm; emprego de negrito em vez de sublinhar (exceto em endereços URL); com figuras e tabelas em arquivo separado, com indicações claras de onde devem ser inseridas ao longo do texto. Além disso, os artigos devem ter título em português e em inglês e ser acompanhados por resumo e palavras-chave nos dois idiomas (no caso de artigos em espanhol, o resumo e as palavras-chave devem estar na língua do artigo e em inglês).
  • Os resumos em todas as línguas devem conter até 250 palavras, seguidos de 4 palavras-chave.
  • As entrevistas devem ter de 15 a 20 páginas, com no máximo 7500 palavras
  • A identificação de autoria do trabalho deve ter sido removida do arquivo e da opção Propriedades no Word, garantindo, dessa forma, a condição de anonimato, conforme instruções disponíveis em Assegurando a “Avaliação por Pares Cega”
  • Os arquivos para submissão devem estar em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF (desde que não ultrapassem 2MB)
  • Todos os endereços de páginas na Internet (URLs) incluídas no texto (Ex.: http://www.ibict.br) devem estar ativos e prontos para clicar
  • Os artigos podem ter até quatro autores(as). Artigos, as entrevistas, as resenhas e as traduções só serão encaminhados para avaliação se um(a) dos(as) autores(as) for, pelo menos, doutorando(a)
  • Artigos e resenhas submetidos em espanhol ou inglês, caso sejam aprovados, serão publicados na língua original. Os custos com a revisão em língua estrangeira serão cobertos pelo(a)s autor(a)s. A revisão deve ser realizada por profissional autorizado(a) e/ou reconhecido(a) pela revista. Os pareceres de artigos submetidos em língua estrangeira serão elaborados em idioma de disponibilidade dos(as) pareceristas
  • Somente serão aceitos para avaliação os trabalhos que forem submetidos pelo sistema on-line da P&T
  • Artigos, traduções, resenhas e entrevistas devem ser redigidos em consonância com as diretrizes antiplágio do CNPq, disponíveis em: https://www.gov.br/cnpq/pt-br/composicao/comissao-de-integridade/diretrizes

Diretrizes para Autores

O recebimento dos manuscritos para avaliação também prevê as seguintes normas:

DOSSIÊS: os dossiês devem ser compostos por textos resultantes de estudos e pesquisas originais, e só podem ser submetidos por meio de chamada pública ou convite realizado pelos(as) editores(as). Eles devem ser compostos por 6 artigos e 1 apresentação, realizada pelos(as) organizadores(as). A diversidade regional e a internacionalização são critérios de seleção dos dossiês, que devem conter pelo menos um(a) autor(a) estrangeiro(a). Devem ser constituídos por contribuições de diversas instituições e grupos de pesquisa e contemplar, no mínimo, três estados brasileiros. Os dossiês devem ter no mínimo 2 organizadores(as) e no máximo 4, de pelo menos duas instituições diferentes. O periódico compreende que um dossiê deve ser preferencialmente resultado de uma rede de pesquisa, estabelecida ou emergente. 

ENTREVISTAS: depoimentos de pessoas cujas histórias de vida ou realizações profissionais sejam relevantes para as áreas de abrangência da revista, de 15 a 20 páginas, com no máximo 7500 palavras. Elas deverão ser apresentadas em formato ping-pong (perguntas e respostas), com identificação do entrevistado e do entrevistador em negrito, e a pergunta em itálico.

As entrevistas deverão ser precedidas de uma apresentação biográfica de até uma página sobre o/a entrevistado/a, estar redigidas em Times New Roman, tamanho 12, com espaçamento 1,5.

RESENHAS: publicações lançadas no Brasil ou exterior há no máximo 5 anos, sob a forma de resenhas críticas, de 7 a 10 páginas, com no máximo 3750 palavras. O título da resenha deverá ser distinto do nome da obra resenhada. 

TRADUÇÕES: textos clássicos e contemporâneos que já tenham sido publicados no idioma original da obra. Caso o texto não se encontre em domínio público, é obrigatório que o(a) tradutor(a) disponha de documento do(a) detentor(a) dos direitos sobre a obra traduzida que autorize a tradução e a sua publicação na P&T. Os custos de revisão da tradução, realizada por tradutores(as) credenciados(as), serão arcados pelos(as) proponentes.

As traduções devem apresentar uma nota de rodapé em seu título com a referência completa da publicação original e a anuência do(a) autor(a). Opcionalmente poderá constar, na mesma nota, uma breve introdução sobre a relevância da publicação da tradução. O nome do(a) tradutor(a) deverá figurar na linha abaixo do nome do(a) autor(a) do texto traduzido, com a indicação: “tradução de”.

As referências obedecerão aos seguintes critérios, devendo ser observados abreviaturas, negritos, pontos, vírgulas e demais sinais:

1. Livro:

SOBRENOME, Prenomes. Título da obra: subtítulo. Local de Publicação: Editora, ano de publicação.

Ex: GOMES, Laura Graziela Figueiredo Fernandes. Novela e sociedade no Brasil. Niterói: EdUFF, 1998.

2. Capítulo de livro:

SOBRENOME, Prenomes. Título: subtítulo. In: Título da obra: subtítulo. Local de Publicação: Editora, ano de publicação. Páginas inicial e final do capítulo.

Ex: SANTOS, Fernando Rodrigues dos. A colonização da terra do Tucujús. In: História do Amapá. Macapá: Valcan, 1994. p. 15-24.

3. Parte de coletânea:

SOBRENOME, Prenomes. Título: subtítulo. In: SOBRENOME, Prenomes. (org.). Título da obra: subtítulo. Local de Publicação: Editora, ano de publicação. Páginas inicial e final do capítulo.

Ex: ROMANO, Giovanni. Imagens da juventude na era moderna. In: LEVI, Giovanni; SCHMIDT, Jean-Claude. (org.). História dos jovens 2: a época contemporânea. São Paulo: Companhia das Letras, 1996. p. 7-16.

4. Artigo de periódico:

SOBRENOME, Prenomes. Título do artigo: subtítulo. Título do Periódico, Local de publicação, Número do volume, número do fascículo, páginas inicial e final do artigo, mês e ano.

Ex: GURGEL, Claudio. Reforma do Estado e segurança pública. Política e Administração, Rio de Janeiro, v. 3, n. 2, p. 15-21, set. 1997.

5. Dissertações e Teses:

SOBRENOME, Prenomes. Título: subtítulo. Ano. Categoria (Grau e Área de Concentração) - Instituição, Local, Cidade.

Ex: BARCELOS, Maria de Fatima Piccolo. Ensaio tecnológico, bioquímico e sensorial de soja e guandu enlatados no estádio verde e maturação de colheita. 1998. Tese (Doutorado em Nutrição) – Faculdade de Engenharia de Alimentos, Universidade Estadual de Campinas, Campinas.

6. Trabalhos apresentados em eventos científicos:

SOBRENOME, Prenomes. Título. In: NOME DO EVENTO, Número da edição do evento, Cidade onde se realizou o evento. Anais... (ou Proceedings... ou Resumos...) Local de publicação: Editora, Ano de publicação. Páginas inicial e final do trabalho.

Ex: BRAYNER, Angelo Rôncalli Alencar; MEDEIROS, Claudia Bauzer. Incorporação do tempo em SGBD orientado a objetos. In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE BANCO DE DADOS, 9., 1994, São Paulo. Anais... São Paulo: USP, 1994. p. 16-29.

7. Anais em meio eletrônico:

Ex: SABROZA, Paulo Chagastelles. Globalização e saúde: impacto nos perfis epidemiológicos das populações. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE EPIDEMIOLOGIA, 4., 1998, Rio de Janeiro. Anais eletrônicos... Rio de Janeiro: ABRASCO, 1998. Disponível em:

<http://www.abrasco.com.br/epirio98/>. Acesso em: 17 jan. 1999.

8. Artigos ou matérias assinados em jornais e revistas:

SOBRENOME, Prenomes. Título. Nome do Jornal (ou Revista), Local de publicação, páginas, dia mês (abreviado) ano.

Ex: PAIVA, Anabela. Trincheira musical: músico dá lições de cidadania em forma de samba para crianças e adolescentes. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, p. 2, 12 jan. 2002.

9. Artigos ou matérias não assinados em jornais e revistas, em meio eletrônico:

PRIMEIRA palavra do título em maiúscula. Nome do Jornal (ou Revista), Local de publicação, dia mês (abreviado) ano. Disponível em: < >. Acesso em: dia mês ano.

Ex: ARRANJO tributário. Diário do Nordeste Online, Fortaleza, 27 nov. 1998. Disponível em: <http://www.diariodonordeste.com.br>. Acesso em: 28 nov. 1998.

10. Documento Jurídico:

Ex: BRASIL. Medida provisória nº 1.569-9, de 11 de dezembro de 1997. Estabelece multa em operações de impostos e dá outras providências. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Poder Executivo, Brasília, DF, 14 dez. 1997. Seção 1, p. 29514.

11. Documento jurídico em meio eletrônico:

Ex: BRASIL. Lei n.º 9.887 de 7 de dezembro de 1999. Altera a legislação tributária federal. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil. Brasília DF, 8 dez. 1999. Disponível em: <htpp://www.in.gov.br/mp_leis/leis_texto.asp?Id=LEI%209887>. Acesso em: 22 dez. 1999.

Para as obras consultadas on-line deverá ser indicado o endereço eletrônico, apresentado entre os sinais < >, precedido da expressão “Disponível em:”, bem como a data do acesso ao documento, precedida da expressão “Acesso em:”.

Referências de obras em outras línguas obedecerão aos critérios adotados pela ABNT.

Os exemplos fornecidos aqui correspondem às fontes mais frequentemente utilizadas. Para referenciar corretamente outras fontes (iconografia, catálogos, mapas, filmes etc.) ou variações daquelas exemplificadas (evento ou revista no todo, outras mídias eletrônicas, outros documentos jurídicos etc.) recomenda-se consultar a ABNT 6023:2018, em vigor

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nessa revista serão utilizados exclusivamente para os serviços prestados pela publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.