“METAMELOPEIA”:

O SOM COMO FONTE DE CONHECIMENTO

  • Euclides Souza Universidade Federal de Pernambuco
Palavras-chave: metafísica, música, som, conceito, autonomia

Resumo

A música nos acompanha e encanta desde muito tempo atrás, nos permitindo comunicar e difundir ideias não só através do significado das palavras que são cantadas, mas também se importando em como o são, além do fundo sonoro que as acompanham, enriquecendo e “completando” seus sentidos, dando espaço até mesmo a obras exclusivamente instrumentais. Analisando uma composição musical, não através de sua teoria técnica própria, mas a partir de uma perspectiva filosófico-linguística (estudo do uso da palavra e da metalinguagem) e também com base nos estudos de Eduard Hanslick, é possível entender o som como uma fonte de conteúdo semântico e não apenas como um instrumento de representação do que se quer comunicar ou imitar, garantindo-lhe autonomia e capacidade de significação aos seres humanos por si mesmo tal como qualquer outro evento que nos inspirou a criar os nossos mais diversos conceitos.

Referências

AUSTIN, John Langshaw. Quando dizer é fazer. Trad. de Danilo Marcondes de Souza Filho. Porto Alegre: Artes Médicas: 1990.

CHRISTE, Ian. Heavy Metal. A História Completa. Trad. Milena Durante e Augusto Zantoz. Ed. Saraiva Didático, 1ª Edição, 2010.

GOMES, Claudio Alexandre Figueira. “’Sentido’ e ‘Impressão’ em Wittgenstein”. Dissertação (mestrado) – Faculdade de Filosofia, Universidade Federal de Goiás, Goiás, 2011.

GRICE, Herbert Paul. “Logic and Conversation”. William James Lectures, delivered at Harvard University in 1967, and to be published by Harvard University Press. Copyright 1975 by II. Paul Grice.

HANSLICK, Eduard. Do Belo Musical: Um Contributo para a Revisão da Estética da Arte dos Sons. Trad. Artur Morão. Ed. Lusofia:press. Covilhã, 2011.

KANT, Immanuel. Crítica da Razão Pura. Trad. de Manuela Pinto dos Santos, Alexandre Fradique Morujão. Lisboa. Ed. Fundação Calouste Gulbenkian, 5ª Edição, 2001.

Publicado
2020-05-19
Seção
Artigos