A MULTIMODALIDADE E AS MÚLTIPLAS SEMIOSES DO DIZER: A (DES)CONSTRUÇÃO DE SENTIDO EM UM ANÚNCIO PUBLICITÁRIO DO MEC

Resumo

Este artigo tem como objetivo tecer reflexões sobre as contribuições das multissemioses para a (des)construção de sentido no gênero publicitário multimodal, a partir dos estudos sobre os multiletramentos e os novos letramentos, que compreendem o uso de múltiplas linguagens, de diversos formatos e gêneros presentes em nosso dia a dia. Para tanto, selecionamos um anúncio publicitário digital do Governo Federal, da atual gestão 2019-2022, publicado pelo Ministério da Educação (MEC) em suas redes sociais, com vistas a explicitar como a produção de sentidos é construída na propaganda, procurando apresentar uma postura crítica em relação às ações e às dominações sociais existentes, a partir de uma breve análise da linguagem multimodal. Autores como Kress e van Leeuwen (1996), Kress (2003), Knobel e Lankshear (2003, 2006, 2007), Cope e Kalantzis (2009), Dionísio (2008), Rojo e Moura (2019), Bourdieu e Boltanski (2008), dentre outros, dão suporte à discussão. Concluímos que a presença das múltiplas semioses que integram os textos contemporâneos, e, mais especificamente, o gênero publicitário possibilita a veiculação massificada de discursos intencionalmente articulados que nos convidam à reflexão e ao exercício de práticas de leitura crítica, na escola de fora dela, sendo o letramento multimodal uma possiblidade para ampliação dos (multi)letramentos, já que acionam no indivíduo mecanismos de leitura que extrapolam a materialidade do texto.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Nelma Teixeira da Silva, Universidade Federal da Bahia

Doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Língua e Cultura da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Mestre em Letras pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB). Graduada em Letras pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB). Especialista em em Linguagens, Códigos e suas tecnologias (Facinter); Gestão do Trabalho Pedagógico (Facinter); Educação especial com ênfase em Deficiência Intelectual pela UNEB. Áreas de investigação: Multiletramentos, formação de professores e ensino de Língua Portuguesa. É membro do Grupo de Pesquisa NELT (Núcleo de estudos da linguagem) da UFBA. É professora de Língua Portuguesa da Rede Estadual de Educação da Bahia.

Publicado
2020-05-06
Como Citar
Silva, N. T. da. (2020). A MULTIMODALIDADE E AS MÚLTIPLAS SEMIOSES DO DIZER: A (DES)CONSTRUÇÃO DE SENTIDO EM UM ANÚNCIO PUBLICITÁRIO DO MEC. PROLÍNGUA, 14(2), 75-90. https://doi.org/10.22478/ufpb.1983-9979.2019v14n2.48676