Educação e bibliotecas multiníveis: um olhar sobre os documentos norteadores das bibliotecas da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica em Rondônia

  • Miriã Santana Veiga Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia
  • Jussara Santos Pimenta Universidade Federal de Rondônia -UNIR

Resumo

Este trabalho é resultado de pesquisa realizada no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO). Tem como objetivo apresentar conceitos sobre educação, sociedade da informação, letramento informacional, biblioteca escolar e biblioteca multinível e por fim, relacionar esses conceitos com os principais documentos norteadores das bibliotecas do IFRO, que são eles: a Resolução nº 21, que trata do Plano de Desenvolvimento de Coleções e a Resolução nº 22, que dispõe sobre o Regulamento de Bibliotecas do Instituto. Trata-se de uma pesquisa exploratória, bibliográfica e documental. Como resultado foi evidenciado um distanciamento, das resoluções 21 e 22 do real objetivo de uma biblioteca escolar e multinível de se tornarem espaços educativos no que tange ao incentivo a leitura e o letramento informacional. Nos documentos não foram localizadas diretrizes específicas para as funções educativas das bibliotecas e dos bibliotecários, o que distancia as bibliotecas dos eixos norteadores da instituição e da Rede Federal de Educação, Profissional, Científica e Tecnológica (RFEPCT), que busca estimular e apoiar processos educativos que levem à geração de trabalho e renda e à emancipação do cidadão na perspectiva do desenvolvimento socioeconômico local e regional. Palavras-chave: Educação. Biblioteca escolar. Biblioteca multinível. Documentos norteadores. IFRO.

Biografia do Autor

Miriã Santana Veiga, Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia
Mestre em Educação, pelo Programa de Pós-graduação em Educação Escolar – MEPE da Universidade Federal de Rondônia (2017), possui pós-graduação em Biblioteconomia pela Faculdade de Ciências de Wenceslau Braz – FACIBRA (2015), possui também, Bacharelado em Biblioteconomia / Ciências da Informação pela Universidade Federal de Rondônia - UNIR (2013) e Licenciatura em História UNIR (2009). Vinculada ao Instituto Federal de Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO), na Unidade Campus Porto Velho Calama como Bibliotecária-Documentalista, atua no desenvolvimento de Bibliotecas multiníveis, implantação e alimentação do sistema Catalográfico Gnuteca, aquisição de livros impressos e digitais. Implanta e desenvolve atividades de organização, tratamento, análise e recuperação de informações em diversos níveis e suportes físicos e assessoria de projetos culturais e de letramento informacional. Integrante do grupo de Estudos Interdisciplinares em Educação, História e Memória – MNEMOS da UNIR . Atualmente está dando suporte na implantação do arquivo da Coordenação de Registros Acadêmicos – CRA do IFRO Campus Porto Velho Calama.
Jussara Santos Pimenta, Universidade Federal de Rondônia -UNIR
Jussara Santos Pimenta. Professora Doutora da Universidade Federal de Rondônia (UNIR). Rondônia, Brasil. E-mail: jussara.pimenta@unir.br

Referências

ALMEIDA, Jobson Louis Santos. A biblioteca como organização aprendente: o desenvolvimentismo de competências em informação no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba. 2015. 122 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Biblioteconomia, Universidade Federal da Paraíba - UFPB, João Pessoa, 2015.

BRANDÃO, Carlos Rodrigues. O que é educação. 33. ed. São Paulo: Brasiliense, 1995.

BLATTMANN, Ursula; ALMADA, Magda. Biblioteca no ambiente educacional e a sociedade da informação. Disponível em: https://www.academia.edu/3034276/Biblioteca_no_ambiente_educacional_ea_sociedade_da_informa%C3%A7%C3%A3o. Acesso em: 23 jul. 2018.

BRASIL. Lei nº 11.892 de 29 de dezembro de 2008. Institui a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, cria os Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia, e dá outras providências. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 30 dez. 2008. Disponível em: http://pesquisa.in.gov.br/imprensa/jsp/visualiza/index.jsp?jornal=1&pagina=1&data=30/12/ 2008. Acesso em 27 jul. 2018.

BRASIL. Ifro. Ministério da Educação - Mec. RESOLUÇÃO 22: Política de Desenvolvimento de Coleções do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia-IFRO. 2015. Disponível em: http://www.ifro.edu.br/consup/index.php?option=com_docman&task=cat_view&gid=41&limit=5&order=name&dir=ASC&Itemid=11&limitstart=10. Acesso em: 30 jul. 2018.

BRASIL. Ifro. Ministério da Educação - Mec. RESOLUÇÃO 21: Regulamento de Desenvolvimento das bibliotecas do IFRO. 2015. Disponível em: http://www.ifro.edu.br/consup/index.php?option=com_docman&task=cat_view&gid=41&limit=5&order=name&dir=ASC&Itemid=11&limitstart=10. Acesso em: 06 nov. 2018.

CAMPELLO, Bernadete Santos et al. A biblioteca escolar: temas para uma prática pedagógica. 1.ed. Belo Horizonte: UFMG, 2001.

CAMPELLO, Bernadete Santos. Letramento Informacional no Brasil: práticas educativas de bibliotecários em escolas de Ensino Básico. Tese (doutorado) - Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Ciência da Informação, 2009.

CASTRO, César Augusto. Biblioteca como lugar de memória e eco de conhecimento: um olhar sobre “O Nome da Rosa”. Rev. Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Campinas, v. 4, n. esp. 2006. Disponível em: http://www.sbu.unicamp.br/seer/ojs/index.php/rbci/article/view/362. Acesso em: 23 nov. 2018.

CERVO, Amado L., BERVIAN, Pedro A., SILVA, Roberto da. Metodologia Científica. 6.ed. São Paulo: Pearson, 2007.

FREIRE, Paulo. A Importância do Ato de Ler: em três artigos que se completam. 22 ed. São Paulo: Cortez, 1989. 80 p

GASQUE, Kelley Cristine Gonçalves Dias. Competência em Informação: conceitos, características e desafios. Atoz: Novas práticas em informação e conhecimento, Londrina, v. 2, n. 1, p.5-10, 01 jan. 2013. Semestral. Disponível em: file:///C:/Users/1921139/Downloads/41315-154217-1-PB.pdf. Acesso em: 18 dez. 2018.

IFLA. Diretrizes sobre desenvolvimento de habilidades em informação para a aprendizagem permanente. México: Vera Cruz, 2007, 56 p. Disponível em: https://www.ifla.org/files/assets/information-literacy/publications/ifla-guidelines-pt.pdf . Acesso em: 01 nov. 2018.

IFRO. Institucional. Porto Velho, 2015. Disponível em: <http://www.ifro.edu.br/site/?page_id=9>. Acesso em: 23 jul. 2018.

IFRO. Regimento Geral do IFRO. Porto Velho, 2011. Disponível em: http://www.ifro.edu.br/site/wp-content/uploads/2009/04/Regimento-Geral.pdf. Acesso em: 24 jul. 2018

MARCUSCHI, Luís Antônio et al. Fala e escrita. Belo Horizonte - Mg: Autêntica, 2007. 208 p.

LANIER, Jaron. Dez argumentos para você deletar suas redes sociais. Rio de Janeiro: Intrínseca, 2018. 145 p.

MILANESI, Luis. O que é biblioteca. 8. ed. São Paulo: Brasiliense, 1994.

MEC. Centenário da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica. Brasília, 2009. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/setec/arquivos/centenario/historico_educacao_profissional.pdf. Acesso em: 23 jul. 2018.

OLIVEIRA, Greissi Gomes; AMARAL, Roniberto Morato do. Mapeamento de processos em bibliotecas: estudo de caso em uma biblioteca do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo. 2012. Disponível em: http://www.nit.ufscar.br/refbase/PATH_TO_FILES_BASE_DIRECTORY/oliveira/2012/63_Oliveira+Amaral2012.pdf. Acesso em: 18 dez. 2018.

PORTO VELHO. Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia de Rondônia - IFRO. Relatório geral de atividades da assessoria e coordenação de biblioteca. IFRO. Porto Velho RO: Abib, 2018. 63 p.

PRODANOV, C. C.; FREITAS, E. C. D. Metodologia do trabalho científico: Métodos e Técnicas da Pesquisa e do Trabalho Acadêmico. 2ª. ed. Novo Hamburgo: Universiade Freevale, 2013.

SIMÕES, Susana. A herança grega: O legado político-cultural da civilização grega constitui uma das matrizes da civilização europeia ocidental. 2013. Disponível em: http://crescendocomhistoria.blogspot.com/2013/10/a-heranca-grega.html. Acesso em: 13 dez. 2018.

WERTHEIN, Jorge. A sociedade da informação e seus desafios. 2000. Revista Ciência da Informação. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ci/v29n2/a09v29n2.pdf. Acesso em: 10 ago. 2018.

Publicado
2019-08-07
Seção
RELATOS DE PESQUISA