Foco e Escopo

O periódico Cultura Oriental se destina à publicação de artigos resultantes de pesquisas originais referentes aos vários aspectos culturais do extremo oriente asiático (especialmente Índia, China, Japão e Tibete), incluindo língua, religião, literatura, filosofia, artes e outros temas, abrangendo tanto a cultura atual quanto aspectos históricos. Seu escopo não inclui, no entanto, assuntos como economia, comércio e política do período contemporâneo.

 

Somente textos inéditos (e que não estejam sendo submetidos para publicação em outro local) poderão ser submetidos para publicação em Cultura Oriental. Os artigos devem resultar de uma pesquisa original e devem representar uma contribuição efetiva para a área. Todos os trabalhos submetidos serão enviados para análise de dois árbitros. Em caso de divergência entre os pareceres, o trabalho será analisado por um terceiro árbitro.

 

A análise dos originais levará em conta: (1) pertinência temática do artigo; (2) obediência às normas aqui apresentadas; (3) originalidade e profundidade da pesquisa; (4) a redação do trabalho.

 

Os trabalhos submetidos podem ser aceitos, rejeitados, ou aceitos condicionalmente. Os autores têm direito a recorrer da decisão, quando discordarem da mesma, e nesse caso será consultado um membro do Conselho Editorial, que emitirá um parecer final.

 

São aceitos para publicação em Cultura Oriental artigos em português, espanhol ou inglês. Os artigos submetidos devem conter um resumo no idioma original e um abstract em inglês. Os artigos em inglês devem vir acompanhados de um resumo em português, além do abstract. Os resumos e abstracts devem ter cerca de 200 palavras. Devem também ser indicadas cerca de cinco palavras-chave (e keywords) que identifiquem o trabalho.

 

Os trabalhos de autores cuja língua materna não seja espanhol ou inglês, porém escritos em um desses idiomas, podem exigir uma revisão profissional antes de serem publicados. A revisão será necessariamente feita por uma pessoa cujo idioma nativo seja espanhol ou inglês e que trabalhe profissionalmente com serviços de revisão. Os editores de Cultura Oriental indicarão empresas qualificadas para prestarem tais serviços.

 

O periódico Cultura Oriental publicará trabalhos dos seguintes tipos:

 

1) Artigo de pesquisa: resultados de investigação original e madura, com extensão de até 9.000 palavras

 

2) Artigo de revisão: análise comentada de trabalhos recentes e do estado da arte de um tema relevante para a revista, feita por um pesquisador experiente, com extensão de até 12.000 palavras

 

3) Comunicação: texto breve sobre tema pontual, ou trabalho com resultados parciais de pesquisa em andamento, com extensão de até 3.000 palavras

 

4) Tradução comentada: versão de texto relevante sobre a cultura oriental cujo direito autoral esteja vencido, realizada a partir do idioma original, podendo ser acompanhada pelo original (edição bilíngue), com extensão de até 15.000 palavras (incluindo o original)

 

5) Resenha de livro: comentário a respeito de publicação recente (dos últimos 4 anos) relevante, com extensão de até 3.000 palavras

 

6) Resumo de tese ou dissertação: com extensão máxima de 800 palavras

 

Em todos os casos acima, a extensão máxima inclui as notas de rodapé e bibliografia. Excepcionalmente, os Editores poderão aceitar trabalhos que ultrapassem esses limites.

 

Em todos os casos, é necessário que pelo menos um dos autores do trabalho tenha titulação de doutor. Estudantes de Mestrado ou Doutorado, por exemplo, deverão submeter seus originais apenas com autorização de seus orientadores e em coautoria com os mesmos. Não se trata de uma mera formalidade: os orientadores devem rever cuidadosamente os originais, antes de seu envio.

 

Dentro de pouco tempo, a submissão de trabalhos será feita através do Portal de Periódicos da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). No entanto, provisoriamente, a submissão será feita por e-mail.

 

Os originais devem ser enviados em formato DOC, DOCX ou RTF, e também em formato PDF, para o seguinte e-mail: cultura.oriental.ufpb@gmail.com. O texto deve utilizar a fonte Times New Roman, exceto no caso de caracteres especiais que não possam ser representados com essa fonte. Caso haja a necessidade de fontes especiais, os autores devem adotar um dos dois procedimentos seguintes: (a) enviar, além do seu trabalho, a fonte utilizada (arquivo TTF); ou (b) incorporar a fonte no próprio arquivo do DOC ou DOCX.

 

A mensagem encaminhando o trabalho submetido para publicação deve informar que se trata de um original inédito que está sendo submetido para publicação no periódico Cultura Oriental; e deve especificar o tipo de trabalho enviado (artigo de pesquisa, resenha, etc.).

 

As ilustrações devem ser fornecidas sob a forma de arquivos de alta resolução, com imagens nítidas e adequadas para reprodução, com 300 pixels por polegada (118 pixels por centímetro). Não serão aceitas imagens de baixa qualidade. As ilustrações devem ser acompanhadas de legenda e ter a indicação de sua fonte. Os autores devem fornecer apenas imagens cuja reprodução seja permitida (por exemplo, que sejam de domínio público).

 

Na versão impressa do periódico, todas as ilustrações serão publicadas em preto e branco (e tons de cinza), por isso todas as imagens coloridas que forem enviadas serão convertidas. Na versão eletrônica, podem ser incluídas ilustrações coloridas, que também devem ser de alta resolução.

 

As referências bibliográficas devem aparecer em lista colocada ao final do artigo, em ordem alfabética e cronológica. Devem seguir as normas da ABNT e devem ser completas – contendo, por exemplo, as páginas inicial e final de artigos e capítulos de livros, nomes dos tradutores de obras, cidade e editora de publicação de livros, etc. Os nomes dos autores devem ser fornecidos por extenso e não com o uso de iniciais. Os títulos de periódicos devem ser fornecidos por extenso e não abreviados. Veja alguns exemplos abaixo:

 

SCHMIDT, Christian. A arte tradicional tibetana do primeiro milênio. Tradução de Otávio Silva e Mariana Mattos. Rio de Janeiro: Zahar, 1986.

 

MOURÃO, António; HENRIQUES, João Baptista (orgs.). Dois séculos de divulgação da música chinesa no ocidente. Porto: Almofada Cultural, 2004.

 

ARRUDA, Maria. A recepção da música chinesa na Inglaterra vitoriana. Pp. 34-76, in: MOURÃO, António; HENRIQUES, João Baptista (orgs.). Duzentos anos de divulgação da música chinesa no ocidente. Porto: Almofada Cultural, 2004.

 

HANNEDER, Juergen. Vedic and tantric mantras. Rivista degli Studi Orientali, 71: 147-167, 1997.

 

RIGOPOULOS, Antonio. Dattātreya: the immortal guru, yogin, and avatāra. Tese (Doutorado em Filosofia). Albany: State University of New York, 1978.

 

ALVES, Maria B. Martins; ARRUDA, Susana Margareth. Como fazer referências (bibliográficas, eletrônicas e demais formas de documentos). Biblioteca Universitária, Universidade Federal de Santa Catarina. Disponível em: <http://www.bu.ufsc.br/framerefer.html>. Acesso em: 10/março/2012.

 

Notas de rodapé devem ser utilizadas apenas para comentários, e não para indicar referências bibliográficas. Dentro do texto, as referências devem ser citadas entre parênteses, indicando o sobrenome do(s) autor(es), ano de publicação, volume (se for o caso) e páginas. Por exemplo: (Fulano, 2007, p. 35), (Fulano & Sicrano, 1985, v. 3, p. 128). Conforme o caso, o sobrenome do autor aparecerá fora dos parênteses, como no exemplo seguinte: “De acordo com a análise de Fulano (2007, p. 35)...”.

 

As citações curtas devem ser colocadas entre aspas, sem itálico, dentro do próprio texto. As citações longas (mais de 3 linhas) devem ser colocadas sem aspas e sem itálico em um parágrafo isolado, com recuo à esquerda de 1,5 cm, deixando uma linha em branco antes e outra depois da citação.

 

Os autores que não seguirem rigorosamente as instruções editoriais de Cultura Oriental serão solicitados a adequarem seus originais às normas da revista e a completarem as informações incompletas, quando for o caso. Isso pode resultar em atraso na publicação do artigo.

 

A submissão de um trabalho para publicação em Cultura Oriental implica na cessão do direito de publicação à revista. Os artigos publicados neste periódico não poderão ser publicados em livros ou outros periódicos sem autorização formal dos Editores.

 

Para enviar uma mensagem para o periódico Cultura Oriental, utilize este endereço: cultura.oriental.ufpb@gmail.com.

 

Processo de Avaliação pelos Pares

 

Os trabalhos submetidos para publicação no periódico Cultura Oriental serão inicialmente analisados pelos Editores para verificação de sua pertinência à temática da revista e às instruções sobre submissão de trabalhos. Caso satisfaçam essas normas, os textos serão submetidos à avaliação de dois pareceristas. Se os dois árbitros chegarem a conclusões concordantes sobre aceitação ou rejeição do artigo, esse resultado será comunicado aos autores. Caso haja discordância, o texto será analisado por um terceiro árbitro.

 

Os avaliadores verificarão se o trabalho submetido é uma contribuição original e de bom nível sobre o tema; se os autores utilizaram uma bibliografia atualizada; se o trabalho está claro e bem redigido; e se contém falhas importantes.

 

Os avaliadores serão pesquisadores experientes, com título de doutorado. Normalmente, a avaliação será realizada em dois meses.

 

Periodicidade

Inicialmente, a revista Cultura Oriental será publicada duas vezes por ano. Terá uma versão eletrônica (online) e uma versão impressa (no sistema de publicação sob demanda).

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

Fontes de Apoio

Agradecemos a particição de nossas colaboradoras que participam da edição e revisão dos artigos submetidos à revista "Cultura Oriental".

  • Flávia Bianchini