Quadrinhos: da marginalização ao reconhecimento como linguagem

  • Alex Fabiano Correia Jardim
  • André Luiz Ferreira de Oliveira

Resumo

Resumo: Nesse trabalho expomos aspectos históricos, sociais e conceituais

das histórias em quadrinhos, através de uma pesquisa bibliográfica

fundamentada em autores como Waldomiro Vergueiro, Thierry Groensteen

e Daniele Barbieri. Para entender a autonomia dos quadrinhos abordamos

suas possíveis origens, suas definições conceituais, seu entendimento

como linguagem singular. Ressaltamos o olhar pejorativo que os quadrinhos

sofreram ao longo da história e, por fim, destacamos o movimento

dos quadrinhos alternativos. Embora marginalizados, concluímos que os

quadrinhos são uma linguagem sofisticada, que permanece em transformação

e, por isso, necessita de estudos e de um trabalho crítico constante.

Palavras-chave: quadrinhos; linguagem; quadrinhos alternativos.

Publicado
2019-05-15
Seção
Artigos