Estudo do impacto da liquidez sobre o risco de falência

  • Sueny Benevides Moraes Universidade Federal da Paraíba
  • Claudio Pilar da Silva Universidade Federal da Paraíba
Palavras-chave: Liquidez, Risco de insolvência, Retorno,

Resumo

A liquidez de ativos relaciona-se com diversos fenômenos econômicos, entre eles, o risco de insolvência das empresas. Entender essa relação é fundamental para a construção de modelos capazes de indicar o risco de insolvência das empresas em tempo hábil, contribuindo com a tomada de decisões. Esse trabalho objetiva investigar essa relação, partindo da hipótese de que ela existe e é negativa. Para a realização do estudo, utilizou-se como amostra as empresas financeiras listadas na Bolsa, Brasil e Balcão – B3, no período de 1994 a 2018. A análise empírica é baseada em uma análise de regressão, por mínimos quadrados ordinários, entre a liquidez, medida pelo volume financeiro, e a probabilidade de insolvência, medida pelo zscore. Detectou-se uma relação positiva e significante estatisticamente ao nível de 1% para o efeito da liquidez sobre o risco de insolvência, contrariando a hipótese da pesquisa, no entanto, corroborando com os achados de Louro (2016). Adicionalmente, constatou-se que apesar de positivo, o efeito da liquidez foi muito fraco, próximo a zero.

Referências

AMIHUD, Y., MENDELSON. H. Asset pricing and the bid-ask spread. Financial Analysts Journal, v. 17, p. 223 – 249, 1986.

AMIHUD, Y., MENDELSON. H. Liquidity and stock returns. Financial Analysts Journal, p. 46 – 48, 1986.

AMIHUD, Y., MENDELSON. H. Liquidity, asset prices and financial policy. Financial Analysts Journal, v. 47, n 6, p. 56 – 66, 1991.

BEZERRA, E. S. Efeito de indicadores financeiros, macroeconômicos e de governança corporativa na previsão de insolvência em empresas da B3. 2018. Dissertação (Mestrado em Ciências Contábeis) - Universidade Federal de Pernambuco, Brasil.

BRESSAN, V. G. F.; COAGUILA, R. A. I.; SOUSA, E. P.; LÍRIO, V. S. Rentabilidade e assimetria de informação em empresas selecionadas na Bovespa. Revista Ciências Administrativas, Fortaleza, v. 13, n 2, pág 223 - 233, 2007.

BROGAARD, J.; LI, D.; XIA, Y. Stock Liquidity and Default Risk. Journal of Financial Economics, 2017.

BRUNI, A. L., FAMÁ, R. Liquidez e avaliação de ativos financeiros. In: SEMINÁRIOS EM ADMINISTRAÇÃO, 3., 1998, São Paulo.

CHEN, J.; VASSALOU, M.; ZHOU, L. The interrelation of Liquidity Risk, Default Risk, and Equity Returns. Columbia University, 2005.

CHEN, R. -R.; YANG, T. -H.; YEH, S. -K. The liquidity impact on firm values: The evidence of Taiwan’s banking industry. Journal of Banking and Finance, v. 82, pág 191 - 202, 2016.

CORREIA, L.F., AMARAL, H. F., BRESSAN, A. A. O efeito da liquidez sobre a rentabilidade de mercado das ações negociadas no mercado acionário brasileiro. Revista Base (Administração e Contabilidade) da UNISINOS, São Leopoldo, v. 5, n 2, pág 109-119, ago. 2008.

HORTA, R. A. M., et al. Previsão de insolvência: uma estratégia para balanceamento da base de dados utilizando variáveis contábeis de empresas brasileiras. Sociedade, Contabilidade e Gestão, Rio de Janeiro, v. 6, n 2, pág 21 - 36, 2011.

LOURO, A. S. C. O efeito da liquidez das ações no risco de falências – aplicação ao stoxx europe 600. 2016. Dissertação (Mestrado em Finanças Empresariais) - Instituto Politécnico de Leiria, Portugal.

MURCIA, F. D., MACHADO, M. V. Impacto do nível de disclosure corporativo na liquidez das ações de companhias abertas no Brasil. Revista Contabilidade Vista & Revista - UFMG, Belo Horizonte, v. 24, n 3, pág 54 - 77, 2013.

MACHADO, M. A. V., MACHADO, M. R. Liquidez e precificação de ativos: evidências do mercado brasileiro. Brazilian Business Review, Vitória, v. 11, n 1, pág 73 - 95, 2014.

MACHADO, M. A. V., MEDEIROS, O. R. Modelos de precificação de ativos e o efeito liquidez: evidências empíricas no mercado acionário brasileiro. Revista brasileira de finanças, Rio de Janeiro, v. 9, n 3, pág 383 - 412, 2011.

MARTINS, O. S., PAULO, E. Assimetria de informação na negociação de ações, características econômico-financeiras e governança corporativa no mercado acionário brasileiro. Revista Contabilidade & Finanças - USP, São Paulo, v. 25, n 64, pág 33-45, 2014.

MARTINS, V. A.; SILVA, R. L. M.; NARDI, P. C. C. Governança corporativa e liquidez de ações. In: ENCONTRO DA ANPAD, 30., 2006, Salvador/BA.

PERIM, P. P., et al. Um novo modelo de previsão de insolvência para o setor da construção civil. Contextus Revista Contemporânea de Economia e Gestão, Fortaleza, v. 14, n 2, pág 143 - 169, 2016.

SILVA, R. L. M. et al. Os níveis de governança corporativa da BM&f BOVESPA aumentam a liquidez das ações? Revista Base (Administração e Contabilidade) da UNISINOS, São Leopoldo, v. 13, n 3, pág 248-263, 2016.

VASSALOU, M.; XING, Y. Default Risk in Equity Returns. The Journal of Finance, v. 59, n 2, 2004.

VIEIRA, C. A. M., GIRÃO, L. F. A. P. Diversificação das receitas e risco de insolvência dos bancos brasileiros. In: CONGRESSO NACIONAL DE ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE, 6., 2015, Rio de Janeiro/RJ.

VIEIRA, K. M., CERETTA, P. S., FONSECA, J. L. Influência da variação da liquidez na precificação de ativos: análise em painel do mercado brasileiro no período de janeiro de 2000 a junho de 2008. Brazilian Business Review, Vitória, v. 8, n 3, pág 41 - 65, 2011.

VIEIRA, K. M., MILACH, F. T. Liquidez/iliquidez no mercado brasileiro: comportamento do período 1995-2005 e suas relações com o retorno. Revista Base (Administração e Contabilidade) da UNISINOS, São Leopoldo, v. 5, n 1, pág 5-16, 2008.

VILHENA, F. A. C., CAMARGOS, M. A. Governança corporativa e a liquidez de ações de companhias brasileiras em anos recentes. In: ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO, 33., 2013, Salvador/BA.

Publicado
2020-03-31
Seção
Pesquisas científicas