O CORPO E OS MAPAS DA ALTERIDADE

Autores

  • Christine Greiner PUC-SP

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.2177-8841.2019v10n2.49816

Resumo

Há muitas bibliografias que têm discutido o tema da alteridade do ponto de vista político e filosófico. Tópicos como racismo, neurodiversidade e gênero têm reverberado amplamente nas discussões acadêmicas e outros fóruns. No entanto, pouco se discute acerca do papel da arte e do corpo nestes debates. Este artigo busca colaborar com este viés, deslocando o debate das práticas discursivas para o corpo em movimento e suas ações performativas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2019-12-15

Como Citar

CHRISTINE GREINER. O CORPO E OS MAPAS DA ALTERIDADE. MORINGA - Artes do Espetáculo, [S. l.], v. 10, n. 2, 2019. DOI: 10.22478/ufpb.2177-8841.2019v10n2.49816. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/moringa/article/view/49816. Acesso em: 27 jan. 2023.

Edição

Seção

Epistemologia da cena