ROBERTO ALENCAR DO DESENHO À CENA E VICE-VERSA

A CONSTRUÇÃO DO CORPO GROTESCO

Autores

  • Wagner Miranda Dias Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - PUC-SP

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.2177-8841.2019v10n2.50543

Resumo

O artigo investiga os percursos de criação do artista do corpo Roberto Alencar, refletindo sobre a produção do grotesco em seu trajeto criativo, destacando as relações entre desenho e corpo. A análise foi elaborada por meio do estudo de documentos de processos criativos de Alencar, criados no desenvolvimento de seu trabalho, à luz das teorias de Cecília Almeida Salles sobre crítica de processos de criação, que tem como base a semiótica de C.S. Peirce e propõe diálogos com autores como Victor Hugo, Vsevolod Meyerhold e Mikhail Bakhtin.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-02-02

Como Citar

DIAS, W. M. ROBERTO ALENCAR DO DESENHO À CENA E VICE-VERSA: A CONSTRUÇÃO DO CORPO GROTESCO. MORINGA - Artes do Espetáculo, [S. l.], v. 10, n. 2, 2020. DOI: 10.22478/ufpb.2177-8841.2019v10n2.50543. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/moringa/article/view/50543. Acesso em: 27 jan. 2023.

Edição

Seção

Diálogos e fronteiras