O uso de ferramentas da Web 2.0 no compartilhamento de Informação e Conhecimento

  • Aline Poggi Lins Lima
Palavras-chave: Web 2.0. Coletividade. Aprendizado. Conhecimento.

Resumo

É notório que a globalização e o advento da Internet trouxeram consequências primordiais para a atual sociedade. E junto a esta mudança podemos notar as diferentes formas de sociabilização entre as pessoas e a forma como as mesmas buscam informações relevantes para sua vida pessoal e profissional. Em meio a toda a evolução surgiu a Web 2.0 para trazer mais facilidade e interação entre os usuários, novas formas de aprendizado e compartilhamento de informação e conhecimento, principalmente professores e alunos.

Biografia do Autor

Aline Poggi Lins Lima
Bacharel em Administração. Mestre em Ciência da Informação (UFPB). Atualmente é diretora Pedagógica do Centro Formador de Recursos Humanos da Paraíba da Secretaria de Saúde do Estado (CEFOR-RH/SES/PB e tutora do Curso de Especialização em Gestão Pública pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB).

Referências

AGUIAR, G. A. Uso das ferramentas de redes sociais em bibliotecas universitárias: um estudo exploratório na UNESP, UNICAMP e USP. 184f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação), São Paulo, 2012.

ALEXANDER, B. (2006) Web 2.0: A new wave of innovation for teaching and learning? EDUCAUSE Review, vol. 41, no. 2 (March/April 2006): 32–44.

ARAUJO, V.M.R.H. de; FREIRE, I.M. Conhecimento para o desenvolvimento: reflexões para o profissional da informação. Informação & Sociedade: Estudos, João Pessoa, v.9, n.1, jan./jul.1999.

ASSMANN, H. A metamorfose do aprender na sociedade da informação. Ciência da Informação, v. 29, n. 2, mai/ago., 2000.

CAPURRO, R.; HJORLAND, B. O conceito de informação. Perspectivas em Ciência da Informação, v. 12, n. 1, p. 148-207, jan./abr., 2007.

CASTELLS, M. A galáxia da Internet: reflexões sobre a Internet, os negócios e a sociedade. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2002.

CHOO, W. A Organização do conhecimento: como as organizações usam a informação para criar significado, construir conhecimento e tomar decisões. 2. ed. São Paulo: Senac, 2006.

COUTINHO, Clara Maria Pereira; BOTTENTUIT JUNIOR, João Batista. Blog e Wiki: os futuros professores e as ferramentas da Web 2.0. In: IX Simpósio Internacional de Informática Educativa (SIIE 2007), 2007, Porto. Anais... Porto - Portugal: Instituto Politécnico do Porto, 2007. p. 199-204.

FREIRE, I. M. A responsabilidade social da ciência da informação e/ou O olhar da consciência possível sobre o campo científico. 2001. 166f. Tese (Doutorado em Ciência da Informação). Convênio CNPq/IBICT – UFRJ/ECO, Rio de Janeiro, 2001.

MANESS, Jack. Library 2.0 Theory: Web 2.0 and its implications for libraries. Webology, v.3, n.2, Artigo 25, 2006. Disponível em: http://www.Webology.ir/2006/v3n2/a25.html. Acesso em: 31 de jul. 2012.

MARCONDES, Carlos Henrique; MENDONÇA, Marília A.; CARVALHO, Suzana M. Serviços web em bibliotecas universitárias brasileiras. Perspectivas em Ciência da Informação, v. 11, n. 2, p. 174-186, maio/ago. 2006.

O'REILLY, Tim. What Is Web 2.0 - Design Patterns and Business Models for the Next Generation of Software. O'Reilly Publishing, 2005. Disponível em: http://oreilly.com/web2/archive/what-is-web-20.html. Acesso em: 31 de jul. 2012.

PRIMO, A. O aspecto relacional das interações na Web 2.0. E-Compós, Brasília, v.9, p. 1-21, 2007.

RECUERO, R. Redes Sociais na Internet. Porto Alegre: Sulina, 2009. (Coleção Cibercultura).

SANTAREM SEGUNDO, J. E. A Documentação: Paul Otlet e o Facebook. In: CRIPPA, G.; MOSTAFA, S. P. (Org.) Ciência da Informação e Documentação. Campinas, SP: Alínea, 2011.

SANTOS, N. B. A Revolução na Comunicação. Anais... X Encontro Nacional de Pesquisa da ANCIB, João Pessoa, Paraíba: UFPB. 2009.

TELLES, A. A revolução das mídias sociais. Cases, Conceitos, Dicas e Ferramentas. São Paulo: M. Books do Brasil, 2011.

TOMAÉL, M. I. Fontes de informação na internet. Londrina: EDUEL, 2009.

Publicado
2014-07-01
Seção
Artigos de Revisão