CONECTANDO INTELIGÊNCIAS MÚLTIPLAS ATRAVÉS DE APLICAÇÕES INTERATIVAS NA FORMAÇÃO DE GESTORES

  • Raquel Alves Universidade Federal da Paraíba
  • Edna Brennand UFPB
  • Ismênia Soares UFPB
Palavras-chave: Inteligências múltiplas. Aplicações interativas. Hipermídia. Educação a distância.

Resumo

Este artigo apresenta dados de pesquisa aplicada desenvolvida no âmbito do Grupo de Pesquisa Cultura Digital e Educação. Teve como objetivo investigar pressupostos teóricos conceituais para a criação de um modelo conceitual que fundamentou a produção do protótipo de material didático hipermídia. O modelo foi consubstanciado na Teoria das Inteligências Múltiplas (TIM) de Howard Gardner com aplicação interativa para TVDI e potencial para ativar as cinco mentes que serão necessárias aos gestores do futuro. Como resultado, foram produzidos dois materiais: um caderno didático e uma videoaula interativa, a ser utilizados na formação de gestores por meio da educação a distância (EAD). Os resultados finais comprovaram os pressupostos levantados, demonstrando que as aplicações interativas produzidas podem possibilitar aos gestores acionarem suas múltiplas inteligências e buscarem diferentes caminhos para a aprendizagem. A validação do modelo permitiu verificar que a interatividade proporcionada pelo material pode conduzir o aprendente a desenvolver potencialidades para acionar as mentes mais valorizadas no futuro. 

Biografia do Autor

Raquel Alves, Universidade Federal da Paraíba

Professora do Departamento de Ciência da Informação/CCSA/UFPB.

Doutora em Linguística pela Universidade Federal da Paraíba.

Referências

ARMSTRONG, T. Inteligências múltiplas na sala de aula. Tradução Maria Adriana Veríssimo Veronese. Porto Alegre: Artmed, 2001. Tradução de: Multiple intelligences in the classroom.

¬¬ASSMANN, H. Redes digitais e metamorfose do aprender. Petrópolis, RJ: Vozes, 2005.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 1979.

BASSANEZI, R. C. Ensino-aprendizagem com modelagem matemática. São Paulo: Contexto, 2002.

BRENNAND, E. G. de G; MONTEIRO, T. de S. A televisão interativa como dispositivo de inclusão digital na Educação Superior. In: COLÓQUIO INTERNACIONAL EM EDUCAÇÃO, 2013, João Pessoa.

GARDNER, H. Cinco mentes para o futuro. Porto Alegre: Artmed, 2007.

______. Inteligência: um conceito reformulado. Rio de Janeiro: Objetiva, 2001.

______. Estruturas da mente: a Teoria das Inteligências Múltiplas. Tradução Sandra Costa. 2. ed. Porto Alegre: Artmed, 2000.

LÉVY, P. As tecnologias da inteligência: O futuro do pensamento na era da informática. São Paulo: 34 Literatura, 1996.

MINAYO, M. C. de S. O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. 7. ed. São Paulo: Hucitec, 2000.

MONTEIRO, T. de S. Construção de parâmetros ergonômicos para interface de programas interativos educativos para ambientes multiplataformas. Relatório Final do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC). UFPB, João Pessoa, 2014.

SOARES, I. M.; A teoria das inteligências múltiplas como suporte para autoria de vídeos interativos. João Pessoa, 2014. 145 f. Tese (Doutorado em Educação) - Programa de Pós-Graduação em Educação. Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2014.

WITZEL, M. 50 Grandes estrategistas de administração. Tradução de Paulo Cezar Castanheira. São Paulo: Contexto, 2005.

ZANDOMENEGHI, A. L. A. de O. Ícones representativos das inteligências múltiplas. 2005. 207f. Tese. (Doutorado em Engenharia da Produção) - Universidade Federal de Santa Catarina-UFSC. Florianópolis, 2005. Santa Catarina-UFSC. Florianópolis, 2005.

Publicado
2016-08-08
Seção
Artigos de Revisão