MAPEAMENTO DE COMPETÊNCIAS PARA CARGOS MUNICIPAIS COMISSIONADOS

Autores

  • Leandro Neuhaus UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA
  • Rafael Klein Moreschi UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA
  • Michel Carlesso Avila UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA
  • Eliane Salete Filippim UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA

DOI:

https://doi.org/10.23179/g&a.v6i1.32597

Palavras-chave:

Administração Pública, Gestão de Pessoas por Competências, Desenvolvimento Sustentável.

Resumo

Este estudo teve como objetivo mapear as competências necessárias para os cargos comissionados, secretários e diretores, do município de Flor do Sertão (SC). Sendo que o mesmo justifica-se principalmente pela importância atribuída à gestão de pessoas por competências na missão de colocar o município rumo ao desenvolvimento sustentável. A metodologia utilizada teve uma abordagem qualitativa, utilizando-se de estudos bibliográficos e documentais. Este trabalho adotou o método da pesquisa-ação, que foi apoiado pela pesquisa exploratória. Utilizou-se ainda a pesquisa de campo, sendo que para o mapeamento das competências necessárias, bem como para graduação do nível de proficiência desejada, realizou-se uma entrevista individualizada com o ocupante de cada cargo. Para realização deste mapeamento se utilizou o Sistema de Gestão e Desenvolvimento de Pessoas na Administração Pública Municipal em Santa Catarina (SIGEP). Para apresentação dos dados optou-se por quadros para melhor sistematização dos mesmos. Ao passo que para análise dos dados e discussão dos resultados optou-se por uma abordagem qualitativa do fenômeno, que se deu pela incorporação da percepção dos agentes políticos envolvidos no processo. Verificou-se que, de fato, a gestão de pessoas por competências é um modelo de gestão adequado para aportar o prefeito na tomada de decisão quanto à nomeação dos secretários e diretores municipais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Leandro Neuhaus, UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA

Mestre em Administração pela Universidade do Oeste de Santa Catarina
Secretário de Administração na Prefeitura Municipal de Flor do Sertão/SC

Rafael Klein Moreschi, UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA

Mestre em Administração pela Universidade do Oeste de Santa Catarina
Administrador na Universidade Federal da Fronteira Sul

Michel Carlesso Avila, UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA

Mestre em Administração pela Universidade do Oeste de Santa Catarina
Professor e Coordenador do Núcleo de Inovação Tecnológica e da Pré-Incubadora de Empresas na Universidade do Oeste de Santa Catarina

Eliane Salete Filippim, UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA

Pós-doutora em Administração Pública e Governo (EAESP/FGV) - Doutora em Engenharia de Produção e Sistemas (UFSC)

Professora e Pesquisadora do Mestrado Profissional em Administração e Editora da RACE (B2 Administração) na Unoesc

Referências

ATLAS DO DESENVOLVIMENTO HUMANO NO BRASIL 2013. Perfil Municipal: Flor do Sertão/SC. Disponível em: http://www.atlasbrasil.org.br/2013/pt/perfil_m/flor-do-sertao_sc. Acesso em: 02 de novembro de 2014.

BERGUE, Sandro Trescastro. Gestão de pessoas em organizações públicas. 2. ed. rev. e atual. Caxias do Sul, RS: Educs, 2007.

BITENCOURT, Cláudia Cristina. A gestão de competências gerenciais – a contribuição da aprendizagem organizacional. Porto Alegre, 2001.

BRASIL, Decreto nº 5.707, de 23 de fevereiro de 2006 – institui a Política e as Diretrizes para o Desenvolvimento de Pessoal da Administração Pública Federal direta, autárquica e fundacional, e regulamenta dispositivos da Lei no 8.112, de 11 de dezembro de 1990. Brasília, 2006.

BUARQUE, Sérgio. Metodologia de Planejamento do Desenvolvimento Local e Municipal Sustentável: material para orientação técnica e treinamento de multiplicadores e técnicos em planejamento local e municipal. Brasília: INCRA/IICA, 1999.

CASADO, Frank Leonardo; SILUK, Julio Cezar Mairese; ZAMPIERI; Nilza Luiza Venturini. Universidade Empreendedora e Desenvolvimento Regional Sustentável: proposta de um modelo. Revista ADM. Santa Maria, v. 5, Edição Especial, p. 633-650, 2012.

DI PIETRO, Maria Sylvia Zanella. Direito administrativo. São Paulo: Atlas, 1999.

FILIPPIM, Eliane Salete. Administração Pública e Desenvolvimento Sustentável: um estudo sobre a região da associação dos municípios do meio oeste catarinense. 2005. 225 p. Tese (Doutorado em Engenharia da Produção)-Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2005. Disponível em: https://repositorio.ufsc.br/bitstream/handle/123456789/101635/221708.pdf?sequence=1. Acesso em: 17 de novembro de 2014.

GODOY, Arilda Schmidt. Pesquisa Qualitativa: tipos fundamentais. Revista de Administração de Empresas. São Paulo, v. 35, n.3, p. 20-29, 1995.

KALIL, Alexandre et al. Mesa-redonda de Pesquisa-Ação: Gestão por Competências em Organizações de Governo. Brasília: ENAP, 2005.

LABIDI, Sofiane. Desenvolvimento Regional Sustentável. Jornal Pequeno, São Luís, Ano 59, ed. 23,666, maio de 2011. Disponível em: http://jornalpequeno.com.br/edicao/2011/05/01/desenvolvimento-regional-sustentavel/. Acesso em: 17 de novembro de 2014.

LE BOTERF, Guy. Desenvolvendo a competência dos profissionais. 3. ed. Porto Alegre: Artmed, 2003.

MARTINS, Michelle Dornel; COSTA, Camila Furlan da. Gestão por Competências: O Perfil dos Secretários Municipais de Saúde do Estado Do Rio Grande do Sul. In: Encontro de Gestão de Pessoas e Relações de Trabalho. Brasília/DF: ANPAD, 2013.

MELLO, Simone Portella Teixeira de; SILVA, Francielle Molon da. The Competencies Management in Brazilian Public Sector. International Journal of Advances in Management and Economics. Vol.3, Issue 2, 53-65, March-April 2014.

MORAES, Jorge Luiz Amaral de. Capital social e políticas públicas para o desenvolvimento regional sustentável. Revista Ciências Administrativas. Fortaleza, v.9, n.2, p. 196-204, 2003.

MORAES, Valéria Vieira de; ANDRADE, Jairo Eduardo Borges; QUEIROGA, Fabiana. Construção e validação de medida para diagnóstico de competências relativas às funções de prefeito (a) e secretário (a) municipal. RAP — Rio de Janeiro 45 (5): 1445-461, Set./Out. 2011.

MOREIRA, Herivelto; CALEFFE, Luiz Gonzaga. Metodologia da pesquisa para o professor pesquisador. Rio de Janeiro: DP&A editora, 2006.

MUNCK, Luciano; MUNCK, Mariana Musetti. Gestão Organizacional sob a lógica da competência: aplicação na pequena empresa. RAM – Revista de Administração Mackenzie, Volume 9, nº. 1, 2008, p. 64-85.

PANTOJA, Maria Júlia; CAMÕES, Marizaura Reis de Souza; BERGUE Sandro Trescastro. Gestão de pessoas: bases teóricas e experiências no setor público. – Brasília: ENAP, 2010.

PREFEITURA MUNICIPAL DE FLOR DO SERTÃO/SC. Histórico do Município. Santa Catarina. Disponível em: http://www.flordosertao.sc.gov.br/conteudo/?item=11481&fa=3481&PHPSESSID=eg3dqulf5pgp7v5e07q4ip4414. Acesso em: 17 de novembro de 2014.

RUAS, Roberto. A atividade gerencial no século XXI e a formação de gestores: alguns nexos pouco explorados. Revista eletrônica de administração. Porto Alegre: Universidade Federal do Rio Grande do Sul, v. 6, 15. Ed., n. 3, out. 2000.

SACHS, Ignacy. Ecodesenvolvimento: crescimento sem destruir. São Paulo: Vértice, 1986.

THIOLLENT, Michel. Pesquisa-Ação nas Organizações. São Paulo: Atlas, 1997.

Downloads

Publicado

2017-06-07

Edição

Seção

Relatos de Pesquisa