TRANSFORMAÇÕES NA PAISAGEM COSTEIRA DE PONTA NEGRA, NATAL/RN, DE 1970 A 2010

  • Ana Beatriz Câmara Maciel
  • Zuleide Maria Carvalho Lima
  • Marcelo Dos Santos Chaves

Resumo

O processo de urbanização das cidades brasileiras, vêm enfrentando, desde às últimas décadas século XX, vários problemas socioambientais. Este processo vem ocorrendo de forma acelerada, desordenada e não planejada, a pesar da cidade do Natal já possuir plano director desde 1994. Claro que existem cidades que foram planejadas, no entanto, esse planejamento não foi colocado inteiramente em prática e, isso acabou gerando uma série de problemas nos centros urbanos na formação do território brasileiro. Verificamos que um dos problemas existente em algumas ciudades litorâneas brasileiras é a mudança na paisagem costeira, que tem causado sérios danos à população dessas cidades. Esta pesquisa tem como objetivo principal estudar a paisagem costeira da praia de Ponta Negra, Natal/RN, verificando e analisando os efeitos causados pelas ações antrópica e natural, e como isto reflete na qualidade de vida da população, e também nas transformações dessa paisagem entre os anos de 1970 a 2010. A metodologia utilizada correspondeu ao trabalho de gabinete, e posteriormente, ao trabalho empírico. Podemos então, mensurar que a praia de Ponta Negra, Natal/RN, está muito susceptível as mudanças ambientais, tanto ocasionadas pela dinâmica natural da praia, quanto das ações humanas sobre esse espaço bastante frágil e mutável, necessitando assim, de um estudo sistemático mais aprofundado sobre a paisagem costeira. Para que haja uma minimização da alteração das paisagens nas áreas costeiras é preciso que haja uma gestão integradora do ambiente como um todo, e com base no planejamento das ações e no (re) ordenamento territorial das ocupações desses espaços tão importantes, tanto ambientalmente, quanto sócio-economicamente.
Publicado
2012-06-27
Seção
Artigos