OCUPAR, RESISTIR E PRODUZIR: BEM-VINDOS À MATRIX!

  • Rafael Rossi
  • Maria P. de Fatima Rotta Furlanetti
  • Aline Cristina Santana Rossi

Resumo

O presente texto tem por finalidade nos servir de instrumento através do qual iremos expor nossas experiências junto à Educação de Jovens e Adultos e a discussão nessa modalidade de ensino, da questão agrária brasileira dentro da disciplina de Geografia. São grandes e ambiciosos os desafios que se colocam rumo a uma educação para a autonomia na perspectiva de Piaget. Mais que isso a prática de docência estimula o engajamento político-pedagógico e crítico por uma emancipação da classe trabalhadora. Nossa metodologia deu-se na discussão de diversos gêneros literários, música e palestra com convidado sobre o tema da questão agrária. A partir dessas atividades surge a questão da necessidade de construção de uma consciência de classe trabalhadora, a partir do exemplo do MST, que avance e englobe também os trabalhadores do espaço urbano, a fim de construir uma ideologia da classe trabalhadora pela união de forças e pela mobilização mais ampliada e disseminada de debates sobre as contradições do atual modo de produção capitalista.
Publicado
2013-05-26
Seção
Artigos