ESTUDO DOS ASPECTOS GEOECONÔMICOS DO MERCADO MUNICIPAL DE PIRAPORA – MG

  • Samuel Ferreira da Fonseca Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - UFVJM
  • Érika Aparecida de Souza Marra Unimontes
  • Iara Jaqueline de Jesus Rocha UNIMONTES
  • Dulce Pereira dos Santos Professora Mestre da UNIMONTES.
Palavras-chave: Mercado Municipal de Pirapora, Comércio, Aspectos Socioeconômicos

Resumo

RESUMO A implantação do meio técnico, científico informacional tem registrado diversas manifestações que condicionam a existência de variadas formas de comércio. Todavia, paralelamente aos modelos implantados pelos avanços científicos e tecnológicos, ocorrem manifestações socioculturais diferenciadas na permuta entre moeda e mercadoria. Formas de mercado que merecem destaque devido à maneira de relacionamento entre os indivíduos e o local de trabalho. Assim sendo, esse trabalho tem como objetivo apresentar um diagnóstico do Mercado Municipal Júlio Freire da Costa localizado no Centro de Pirapora – MG sob perspectiva geoeconômica. Para tanto, o caminho metodológico correspondeu à: revisão bibliográfica em artigos, livros e periódicos especializados; levantamento documental e pesquisa de campo na qual foram aplicados questionários semi-estruturados. Como resultados foram gerados gráficos representando que 37% dos trabalhadores no Mercado Municipal de Pirapora enxergam este como necessário para o trabalho. Encontrapartida, 44% dessas pessoas possuem relações familiares estando 66% com idade superior a 35 anos de idade. Fatores que apresentam o envelhecimento dos integrantes do mercado mencionado. No que diz respeito a épocas promissoras, foi apontado o período entre os meses de outubro e dezembro com 48,8% das respostas. Entretanto, apenas 4,9% dos entrevistados apontaram o intervalo entre janeiro e março como melhores épocas do ano. Entre as mercadorias mais procuradas no mercado estudado, verduras e frutas corresponderam a 37% das respostas, enquanto os temperos ocuparam o lugar de segundo produto mais procurado com 34%. Palavras-chave: Mercado Municipal de Pirapora, Comércio, Aspectos Socioeconômicos ABSTRACT The implementation of a technical, scientific informational has recorded various events that influence the existence of various forms of trade. However, in parallel to the models implemented by the scientific and technological advancements, sociocultural differentiated manifestations occur in the exchange between money and goods. Ways to market that are noteworthy due to the way the relationship between individuals and the workplace. Therefore, this work aims to present a diagnosis of the Municipal Market Julius Freire Coast located in the center Pirapora - MG geoeconomical in perspective. Therefore, the methodological corresponded to: literature review articles, books and journals documentary surveys and field research in which questionnaires were administered semi-structured. The results were generated graphs representing 37% of workers in the Municipal Market Pirapora they see this as necessary for the job. Encontrapartida, 44% of those people have family relations being 66% over the age of 35 years old. Factors that have aging members of the mentioned market. Regarding the promising seasons, was named the period between October and December with 48.8% of responses. However, only 4.9% of respondents indicated the interval between January and March as the best times of the year. Among the most sought after commodities in the market studied, vegetables and fruits accounted for 37% of responses, while the spices have pushed out the second most sought after with 34%. Keywords: Municipal Market Pirapora, Trade, Socioeconomic Aspects

Biografia do Autor

Samuel Ferreira da Fonseca, Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - UFVJM
Mestrando em Produção Vegetal (Pedologia) - UFVJM - Graduado em Geografia pela (UNIMONTES), atua nas seguintes áreas: Geotecnologias na Educação, Ensino de Geografia, Geografia Física e Geoprocessamento.
Érika Aparecida de Souza Marra, Unimontes
Graduada em Geografia na Unimontes
Iara Jaqueline de Jesus Rocha, UNIMONTES
Graduada em Geografia na UNIMONTES
Dulce Pereira dos Santos, Professora Mestre da UNIMONTES.
Doutoranda em Geografia pela Universidade Federal de Uberlandia-UFU
Publicado
2014-12-06
Seção
Artigos