O PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM NA GEOGRAFIA: UMA REVISÃO NECESSÁRIA

  • Marlene Macario Oliveira

Resumo

O processo de ensino-aprendizagem da geografia escolar está repleto de saberes e práticas confusas caracterizadores do saber institucionalizado. Essa manifestação na modernidade assegura uma expressão mnemônica ao processo educativo cuja utilidade prática na vida dos indivíduos não existe. Herança do século XVII, esse escopo vem dissimulando uma perspectiva fragmentária, funcionalista e organicista nas diversas esferas da sociedade e do seu conhecimento. Assim, urge que se reflita essa teia imaginária pelas produções subjetivas e identitárias inerentes aos sujeitos em aprendizagem, ou seja, pelas representações sociais constituídas na relação com o espaço vivido, na comunicabilidade estabelecida. Isso dado a necessidade de interlocução, reflexão e análise dos perigos e possibilidades que essa realidade nos traz para um efetivo entendimento da lógica da territorialidade dos lugares, dos homens e da ação desses nele.
Publicado
2008-11-17
Seção
Artigos