LIMITES E CONTRADIÇÕES DA ATUAÇÃO DOS MOVIMENTOS SOCIAIS URBANOS

  • Xisto Serafim de Santana Souza Júnior

Resumo

A estruturação urbana das cidades brasileiras tem sido influenciada, especialmente nestes primeiros anos do século XXI, por uma atuação cada vez mais significativa dos movimentos sociais urbanos. No entanto, fatores conjunturais (políticos, econômicos e ideológicos) superpostos ao longo da formação socioespacial das cidades apresentam-se como elementos condicionantes da atuação desses atores sociais ao imporem limites ou proporcionarem contradições na prática dos mesmos. A compreensão de tais limites e contradições apresenta-se, nesse contexto, como um desafio ao estudo da cidade.
Publicado
2009-05-02
Seção
Artigos