COMPARAÇÃO ENTRE DIFERENTES MÉTODOS DE ESTIMATIVA DE EVAPOTRANSPIRAÇÃO DE REFERÊNCIA PARA JUAZEIRO-BA

  • Clênia Rodrigues Alcântara
  • Glauciene Justino Ferreira da Silva
  • Rosimary de Almeida Caldas

Resumo

Devido ao aumento por demanda hídrica e da necessidade de múltipla utilização da água, o manejo inadequado deste recurso, pode acarretar consequências desastrosas para o meio ambiente, como assoreamento dos rios, mudanças na evapotranspiração, balanço hídrico e, também, causar danos à qualidade da água. As estimativas das necessidades hídricas de uma localidade são estudos importantes na aplicação de métodos de irrigação adequados para cada cultura. Diante do exposto, o objetivo principal deste trabalho foi comparar valores mensais de evapotranspiração de referência calculada pelo método de Penman-Monteith-FAO para a localidade de Juazeiro-BA, com os métodos do Tanque Classe A (TCA), Makkink, Radiação Solar, Linacre, Heargreaves e Samani. Tais comparações tornam-se importantes, a fim de analisar qual o método que oferece uma melhor resposta para uma determinada localidade e assim, entender um pouco mais da disponibilidade hídrica numa determinada região. Os resultados mostraram que os métodos estudados não apresentaram um bom desempenho para a região de Juazeiro-BA. A idealização dos mesmos para outras regiões do globo com características climáticas diferentes pode ter influência direta sobre os resultados obtidos.
Seção
Artigos