OS PROBLEMAS DE SANEAMENTO E SEUS IMPACTOS SOBRE A SAÚDE PÚBLICA DO MUNICÍPIO DE DONA INÊS/PB

  • Ana Beatriz Câmara Maciel Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN
  • Jairo Alves Felipe Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte - IFRN
  • Zuleide Maria Carvalho Lima Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN
Palavras-chave: Salubridade Ambiental, Saneamento Básico, Promoção da Saúde, Meio Ambiente, Município de Dona Inês/PB.

Resumo

O saneamento é um conjunto de ações socioeconômicas, que visa alcançar Salubridade Ambiental, por meio da implantação de serviços e infraestruturas, com a finalidade de proteger e melhorar as condições de vida da população. A carência de medidas de saneamento contribui para proliferação de várias doenças. Entretanto, a maioria dos munícipios brasileiros apresenta grandes deficiências na área de saneamento. De modo geral, este trabalho buscou analisar as condições dos serviços de saneamento básico e sua repercussão na saúde da população do município de Dona Inês/PB. Especificamente, caracterizou-se o município, destacando o processo histórico; elencou-se a importância dos serviços de saneamento para promoção da saúde; explanou-se sobre os principais problemas relacionados aos serviços básicos existentes no município; e avaliaram-se os impactos decorrentes da falta e inadequado sistema de saneamento do município. Para isso, foi realizado um amplo levantamento, leitura e fichamento de material bibliográfico. Em seguida, foi feito a caraterização das condições do saneamento básico, utilizando como técnicas a observação e o registro fotográfico. Por fim, realizou-se uma pesquisa empírica a alguns órgãos públicos para coletar informações e elaborar um diagnóstico da situação do saneamento básico e os impactos decorrentes dela. Desse modo, espera-se que o poder público municipal possa planejar e investir mais na área de saneamento básico, contribuindo assim, tanto para a promoção da saúde, quanto na preservação do meio ambiente.

Biografia do Autor

Ana Beatriz Câmara Maciel, Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN
Departamento de Geografia - Geografia (Paisagem)
Jairo Alves Felipe, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte - IFRN
Especialista em Educação Ambiental e Geografia do Semiárido.
Zuleide Maria Carvalho Lima, Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN
Professora do Departamento de Geografia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN.
Publicado
2016-01-07
Seção
Tópicos OKARA