REFLEXÕES SOBRE AS AÇÕES DO ESTADO E DO MERCADO NA PRODUÇÃO DE LIVROS DIDÁTICOS DE GEOGRAFIA NO BRASIL

  • Márcio Abondanza Vitiello
  • Núria Hanglei Cacete

Resumo

Que interferências a Geografia Escolar estaria sofrendo nos dias de hoje? Em que medida o Currículo Oficial e o Programa Nacional do Livro Didático (PNLD) continuam a impor o poder do Estado na seleção dos conteúdos educacionais? Em favor de quem? E os múltiplos atores sociais - professores, pais de alunos, autores de livros didáticos, editores, mídia, mercado editorial – de que forma estariam interferindo nos temas e métodos tratados por essa disciplina escolar? As complexidades impostas por uma sociedade cada vez mais globalizada, interconectada e informacional no tocante à censura, à interdição e ao cerceamento aos conteúdos e métodos contidos nos livros didáticos de Geografia estão no centro deste debate.
Publicado
2016-10-29
Seção
Artigos