ESTIMATIVA DE PERDAS DE SOLO NA BACIA DO ALTO RIO PARAÍBA, REGIÃO SEMIÁRIDA DO ESTADO DA PARAÍBA

  • Patricia da Conceição Dornellas
  • Vinícius da Silva Seabra
  • Rafael Albuquerque Xavier
  • Richarde Marques da Silva

Resumo

A bacia do Alto Rio Paraíba é estratégica para a gestão dos recursos hídricos no Estado da Paraíba. Recentemente, a bacia começou a receber águas da transposição do Rio São Francisco, gerando a perenização do rio principal até o Açude Epitácio Pessoa, principal reservatório hídrico da região, que abastece Campina Grande. Contudo, a realização de estudos sobre as perdas de solo na bacia são fundamentais para se analisar o comportamento hidrossedimentológico nesta bacia. Nesse sentido, este estudo tem como objetivo avaliar as perdas de solo e as áreas mais propensas à erosão dos solos na bacia do Alto Rio Paraíba. Para tanto, neste estudo foi utilizada a Universal Soil Loss Equation (USLE), a partir da álgebra de mapas. As estimativas das perdas de solos predominaram entre baixa a moderada (0 a 120 t/ha.ano). Os resultados mostraram que as taxas de perdas de solo estimadas são compatíveis com a literatura para ambientes semiáridos. O fator “uso e cobertura” foi considerado o mais importante no cálculo da USLE para a bacia.
Publicado
2017-12-27
Seção
Artigos