CONTRIBUIÇÕES DAS DIVERSAS LINGUAGENS AO ENSINO DE GEOGRAFIA NA ESCOLA BÁSICA

  • David Luiz Rodrigues de Almeida

Resumo

Este artigo pretende contribuir com o debate proposto pelo “III Encontro Regional de Práticas Ensino de Geografia (EREPEG): retrospectivas e perspectivas curriculares para o ensino de Geografia” com a discussão realizada na mesa-redonda intitulada “Ensino de Geografia: práticas e experiências curriculares”. Este trabalho corresponde a questões iniciais de uma pesquisa de doutorado em Geografia, no Programa de Pós-Graduação em Geografia da UFPB, iniciada em 2016, que tem como enfoque a contribuição do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID) para a formação inicial de professores de Geografia. Além disso, procuramos refletir acerca da construção identitária do projeto de juventudes com esses pibidianos no desenvolvimento de sua profissionalização para o magistério. Para tanto, objetivamos discutir em que medida o PIBID contribui com a formação inicial dos professores de Geografia considerando a construção dos seus saberes docentes: conhecimentos de geografia, pedagógicos-didáticos e experienciais na consolidação da práxis pedagógica (NÓVOA, 2009; TARDIF, 2010; PIMENTA, 2012). Consequentemente, temos como pressuposto que a consolidação e defesa da profissão do magistério são constituídas em diferentes espaços: desde o escolar, onde se desenvolvem os subprojetos do PIBID, até nas manifestações de cunho virtual e presencial em defesa desta política pública. Cada um deles pode auxiliar na constituição da identidade do “ser jovem”, “ser pibidiano” e “ser professor”.
Publicado
2018-02-25
Seção
Artigos