CONSTRUINDO A EDUCAÇÃO PARA A CONVIVÊNCIA COM O SEMIÁRIDO

  • Adelaide Pereira da Silva
  • Diego Nogueira Dantas
  • Rovílson José Bueno

Resumo

O debate sobre Educação do Campo tem suas raízes no conjunto das lutas por políticas públicas específicas do campo. Movimentos Sociais do Campo, Organizações Sindicais e diversas entidades comprometidas com a formulação de um outro projeto de desenvolvimento do campo colocaram na sua agenda a Educação do Campo e estão construindo um novo olhar sobre a questão. Nessa perspectiva, a CPT SERTÃO-PB, mediada pela Rede Educação do Alto Sertão Paraibano, criada em 2005 em parceria com a Rede de Educação do Semi-Árido Brasileiro RESAB, vem contribuindo nesse processo com várias ações, entre elas, o debate sobre Educação do Campo na perspectiva da Convivência com o Semi-Árido. Os objetivos do estudo é contribuir com a consolidação da proposta de Convivência com o Semi-Árido mediante o diálogo entre os saberes produzidos no cotidiano dos assentados e das assentadas e os saberes historicamente acumulados pela humanidade, de forma a se construir, desde a escola, uma nova compreensão da relação homem/natureza e da relação campo/cidade/campo. O trabalho é desenvolvido em um processo de formação continuada com professores, gestores e assentados com assessorias especializadas mediante cursos, encontros, seminários, oficinas pedagógicas e reuniões, proporcionando qualificação e requalificação dos sujeitos nos diferentes temas que compõem a proposta de Convivência com o Semi-Árido, construindo-se uma nova prática pedagógica. Espera-se: maior compromisso das comunidades assentadas com a educação escolar concebendo-a como dimensão da luta pela democratização do acesso à terra; melhor formação dos professores e professoras sobre o Semi-Árido - suas potencialidades e especificidades; compromisso dos gestores da educação, objetivando a formulação de políticas públicas de educação inclusiva e de qualidade, ancoradas na realidade do Semi-Árido, na perspectiva do Desenvolvimento Sustentável.
Publicado
2009-06-20
Seção
Artigos