As redes sociais como instrumento estratégico para a inteligência competitiva

  • Adriana Rosecler Alcará
  • Elaine Cristina Liviero Tanzawa
  • Ivone Guerreiro Di Chiara
  • Maria Inês Tomaél
  • Plínio Pinto de Mendonça Uchoa Junior
  • Valéria Cristina Heckler
  • Jorge Luis Rodrigues
  • Sulamita da Silva Valente
Palavras-chave: Inteligência competitiva, Redes sociais, Estratégia organizacional

Resumo

O mapeamento das redes sociais permite a visualização das ligações entre atores no ambiente organizacional, constituindo-se, assim, importante recurso para o compartilhamento da informação e do conhecimento. Neste artigo, resultado de um estudo teórico, apresentamos as redes sociais como um dos instrumentos para o processo de inteligência competitiva, com o objetivo de evidenciar a inter-relação entre eles e demonstrar sua complementaridade. Os resultados indicam que as redes sociais colaboram para o fortalecimento da cultura organizacional voltada para o compartilhamento da informação e do conhecimento. Além disso, o mapeamento das redes possibilita rastrear os fluxos da informação, permitindo a identificação da estrutura informacional que permeia o ambiente da organização. Assim, as redes sociais podem contribuir, de forma efetiva, para a compreensão e elaboração de melhores estratégias para o processo de inteligência competitiva e, conseqüentemente, para o funcionamento do contexto organizacional. Acesso ao texto completo (PDF)
Publicado
2007-07-08
Seção
Resumos de artigos científicos