Informação, ciberespaço e consciência

  • Rubens Ribeiro Gonçalves da Silva
Palavras-chave: Ciência da Informação, Ciberespaço, Consciência, Digitalização, Epistemologia, Informação

Resumo

Este artigo, que apresenta uma concepção teórico-filosófica da informação, com abordagem metodológica dialética, parte da alegoria platônica da caverna e evolui para a reflexão acerca das modificações trazidas pela disseminação do uso de computadores conectados ao ciberespaço. Propõe ainda que o conceito de informação, na área da Ciência da Informação, seja definido como processo, e não como produto, e sugere que as categorias ‘conhecimento’ e ‘ação’ estejam vinculadas ao conceito proposto, tendo por base a tese marxiana da consciência. O ponto de vista adotado não está centrado no produto, no fenômeno, no objeto, mas sim, está orientado aos propósitos nos quais o conceito é definido em função de necessidades sociais que devem ser satisfeitas. O artigo conclui argumentando que, no universo digital, a expressão ‘representação da informação’ não deve ser utilizada em substituição ao termo ‘informação’. Na argumentação, assumem-se duas novas categorias: a ‘dimensão’, associada a conteúdos informacionais digitais, e a ‘instância’, relativa às tecnologias de acesso remoto digital. Acesso ao texto completo (PDF)
Publicado
2007-07-08
Seção
Resumos de artigos científicos