Institucionalização da pesquisa científica no Brasil: cartografia temática e de redes sociais por meio de técnicas bibliométricas

  • Nair Yumiko Kobashi
  • Raimundo Nonato Macedo dos Santos
Palavras-chave: institucionalização da pesquisa científica, organização do conhecimento, cartografia temática, indicadores bibliométricos, dissertações, teses

Resumo

Indicadores de produção científica produzidos por metodologias tradicionais são questionados quandoutilizados como parâmetros exclusivos de avaliação da pesquisa científica de países, regiões ou mesmoáreas de conhecimento. Diante do fato, é necessário buscar alternativas teóricas e metodológicas paramapear globalmente e de forma confiável a pesquisa científica nos vários contextos. Para fazer face aodesafio, apresenta-se como hipótese de trabalho a idéia de que os repositórios de dissertações e tesespodem ser fontes confiáveis para conhecer a ciência produzida no país. Por meio de fundamentação teóricaque associa os Estudos Sociais da Ciência, a Organização e Representação do Conhecimento e Métodosbibliométricos avançados, podem ser vislumbradas novas abordagens sobre as formas de institucionalizaçãosocial e cognitiva da pesquisa científica no Brasil. A visualização gráfica dessas informações, por meio decartografias dinâmicas, é útil por sua funcionalidade para oferecer uma visão global de conjuntos deinformações e evidenciar relações e estruturas entre elas. Da mesma forma, configura-se como interfacepoderosa para uso em sistemas de recuperação de informação. Acesso ao texto completo (PDF)
Publicado
2007-01-17
Seção
Resumos de artigos científicos