Princípios de Organização e Representação do Conhecimento na Construção de Hiperdocumentos

  • Maria Luiza de Almeida Campos
  • Hagar Espanha Gomes
Palavras-chave: Hiperdocumento, Teoria da Classificação Facetada, Teoria do Conceito, Hipertexto de autoria.

Resumo

Os princípios de organização de conteúdos já estabelecidos no âmbito das Teoria da Classificação e do Conceito fornecem bases teóricas e metodológicas para o planejamento e elaboração de hiperdocumentos. Concebido inicialmente para a elaboração de esquemas de classificação bibliotecária, o Método de Faceta, elaborado por Ranganathan, mostrou-se útil em várias outras oportunidades de organização de informação- documento, em especial na elaboração de tesauros. O método consiste, de um lado, em identificar classes gerais ou facetas, no interior das quais se inserem as classes específicas e, de outro, em princípios para relacionar estas últimas. O hipertexto introduziu uma nova tecnologia de estruturação de documentos para permitir navegação através de uma abordagem não-linear ao texto. Mas não se ocupa do conteúdo semântico, que é o objeto deste estudo, em especial na preparação de hiperdocumentos com fins didáticos em ensino à distância. Em um hiperdocumento assume-se que cada pedaço de texto deve ter um conteúdo exclusivo a fim de evitar redundância desnecessária e sobrecarga cognitiva. Documentos sobre uma temática, em especial para fins didáticos, são relativamente simples de redação, por conterem conhecimento já estabelecido, mas têm alguma complexidade em sua estruturação para permitir navegabilidade desejada pelo leitor. Cada pedaço de texto, ou nó, é, na verdade, o desenvolvimento de um conceito, de sorte a produzir pedaços mutuamente exclusivos. Neste aspecto, a Teoria do Conceito complementa o Método de Faceta, ao contribuir para a organização interna do conteúdo de cada nó, pois neste sentido um nó é considerado um conceito. Desta forma, ao definir a abrangência de conteúdo a ser tratado em um nó conceitual deve-se primeiro esgotar todos os elementos que permitem o entendimento deste nó/conceito, ou seja: o que é o conceito e quais os seus elementos constitutivos. Acesso ao texto completo (HTML)
Publicado
2006-08-13
Seção
Resumos de artigos científicos