Pesquisa Científica e a Construção do Conhecimento: Possibilidade e Prática ou Utopia?

  • Adna Souza do Nascimento Universidade Estadual de Feira de Santana
  • Iracema Raimunda Brito Neves Aragão Universidade de São Paulo - USP Universidade Estadual de Feira de Santana
  • Carlos Adriano Santos Gomes Universidade Federal do Ceará
  • Sílvia Pereira de Castro Casa Nova Universidade de São Paulo
Palavras-chave: Pesquisa Científica, Construção do Conhecimento, Universidades Públicas Federais, Graduação em Ciências Contábeis

Resumo

Este estudo objetiva conhecer a concepção e o perfil de docentes vinculados ao curso de Graduação em Ciências Contábeis de duas Instituições de Ensino Superior (IES), públicas e federais do Nordeste brasileiro, acerca da pesquisa científica como instrumento de construção do conhecimento. Bem como, informar sobre as condições de infraestrutura das IES para a prática da pesquisa como mediação da aprendizagem. Trata-se de um estudo descritivo e exploratório, com abordagem quantitativa e qualitativa. As instituições foram escolhidas por acessibilidade e para a coleta de dados adotou-se questionário eletrônico com questões fechadas, que se dividiu em duas partes: a primeira composta por questões de múltipla escolha e a segunda por questões estruturadas com a Escala de Likert. Também se utilizou a estatística descritiva para inferências acerca dos dados obtidos. Os resultados demonstram perfis distintos no tocante a: nível de escolaridade, regime de dedicação à docência, envolvimento em grupos de pesquisa e produção de artigos científicos. Nota-se uma frequência significativa de profissionais que nunca elaboraram uma produção científica, assim como daqueles que nunca publicaram. Há opiniões diversificadas entre os docentes quando se questiona sobre o incentivo e estrutura física necessários à prática da pesquisa nas universidades. Embora concordem que a pesquisa é uma oportunidade para a construção do conhecimento, parcela significativa de docentes não a adota como prática pedagógica. Conclui-se que, apesar de timidamente incentivada no âmbito das universidades pesquisadas, os docentes dessas IES consideram a pesquisa científica como relevante instrumento de construção do conhecimento e oportunidade de formação do ser crítico para o mundo contemporâneo.

Biografia do Autor

Adna Souza do Nascimento, Universidade Estadual de Feira de Santana
Bacharel em Ciências Contábeis pela Universidade Estadual de Feira de Santana
Iracema Raimunda Brito Neves Aragão, Universidade de São Paulo - USP Universidade Estadual de Feira de Santana
Atualmente é estudante do Doutorado em  Controladoria e Contabilidade da Universidade de São Paulo e  professora auxiliar da Universidade Estadual de Feira de Santana, atuando na graduação e pós-graduação. Possui Graduação em Ciências Contábeis pela Universidade Estadual de Feira de Santana (1996),  Licenciatura em Matemática pela Universidade Federal de Santa Catarina (2002), Especialização em Informática Educativa pela Univeridade Estadual de Feira de Santana (2001) e Mestrado em Contabilidade pela Faculdade de Ciências Contábeis da Fundação Visconde de Cairu (2005). Tem experiência na área de Contabilidade, com ênfase em Gestão de Custos, atuando principalmente nos seguintes temas: contabilidade, gestão de custos,  informação gerencial e ensino e pesquisa.
Carlos Adriano Santos Gomes, Universidade Federal do Ceará
Possui graduação em Ciências Contábeis pela Universidade Estadual de Feira de Santana (2001) e mestrado em Ciências Contábeis pelo Centro de Pós Graduação e Pesquisa da Fundação Visconde de Cairu. Atualmente é professor assistente do curso de Ciências Contábeis da Universidade Federal do Ceara e doutorando em Educação Brasileira na linha de Avaliação Educional e eixo de Avaliação Institucional. Tem experiência na área de Administração, com ênfase em Ciências Contábeis e interesse no campo de avaliação institucional.
Sílvia Pereira de Castro Casa Nova, Universidade de São Paulo
É professora doutora e coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Controladoria e Contabilidade do Departamento de Contabilidade e Atuária, da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, da Universidade de São Paulo (PPGCC/FEA-USP). Graduou-se em Administração Pública pela Escola de Administração de Empresas da Fundação Getúlio Vargas (EAESP/FGVSP), concluiu o mestrado e o doutorado em Controladoria e Contabilidade pela FEA-USP. Pós-Doutorado na EAESP/FGVSP em Métodos Quantitativos aplicados a Contabilidade. Participou de estágio de pesquisa junto ao College of Education + Human Development da University of Minnesota. Atua como revisora de trabalhos em congressos e periódicos. É coordenadora administrativa do MBA Controller, co-coordenadora do Cefin da Fundação Instituto de Pesquisa Contábil, Atuarial e Financeira (FIPECAFI). Tem experiência na área de Contabilidade, atuando principalmente nos seguintes temas: educação contábil, ensino de contabilidade, eLearning, docência no ensino superior, contabilidade, análise por envoltória de dados, análise de balanços, empresas de pequeno porte e gestão financeira para empresas de pequeno porte.
Publicado
2013-12-06
Seção
Seção Nacional