Relação entre o Retorno das Ações e o Economic Value Added (Eva): Evidências Empíricas em Companhias Abertas no Brasil

  • João Victor Joaquim Santos Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN
  • Adilson de Lima Tavares Universidade Federal do Rio Grande do Norte
  • Yuri Gomes Paiva Azevedo Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN
  • Raimundo Marciano Freitas Neto Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte - IFRN
Palavras-chave: Valor econômico agregado, Retorno das ações, Desempenho econômico.

Resumo

Objetivo: Este estudo tem por objetivo investigar a relação entre o valor econômico agregado e o retorno das ações de 178 empresas listadas na Brasil, Bolsa, Balcão (B3).Fundamento: O EVA® é uma medida de desempenho que busca expressar a real criação de riqueza de uma empresa, além de ser um dos critérios mais eficientes na avaliação da explicação quantitativa do retorno das ações (Awan, Siddique, & Sarwar, 2014).Método: Foi computada a correlação de Spearman, e estimado um modelo de regressão com dados em painel com efeitos aleatórios. Os dados coletados para o cálculo do modelo compreendem o período entre 2010-2015, sendo obtidos através da base de dados Bloomberg®.Resultados: Observa-se que, em média, as firmas analisadas têm apresentado retornos negativos e sido destruidoras de valor; e as correlações evidenciam que há relação do EVA® com o retorno das ações, embora em um nível inferior ao do Retorno sobre o Ativo (ROA). Além disso, foi constatado que as variáveis EVA, ROA e Tamanho apresentaram-se positiva e estatisticamente significantes para explicar o retorno contínuo e o retorno anormal das ações.Contribuições: O estudo apresenta contribuições relevantes por se tratar de um tema pouco explorado na literatura na nacional, evidenciando elementos que contribuem para a criação de valor econômico nas empresas. Ademais, verificou-se que os modelos para retornos contínuos e retornos anormais são convergentes. 

Biografia do Autor

João Victor Joaquim Santos, Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN
Mestrando em Ciências contábeis. Especialista em Administração financeira (2012). Curso superior em Gestão Financeira pela Faculdade de Ciências Cultura e Extensão do Rio Grande do Norte (2010). Graduado em Ciências Contábeis pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2015). Atualmente é professor substituto da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e professor da Universidade Potiguar (UNP). 
Adilson de Lima Tavares, Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Possui graduação em Ciências Contábeis (1995) e especialização em Contabilidade Gerencial (1999) pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte, mestrado (2006) e doutorado (2010) em Ciências Contábeis pelo Programa Multiinstitucional e Inter-regional de Pós-graduação em Ciências Contábeis (UnB/UFPB/UFRN). Atualmente é professor da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Tem experiência na área de Administração, com ênfase em Contabilidade Gerencial, atuando principalmente nos seguintes temas: informação contábil, contabilidade e análise de custos e análise das demonstrações contábeis.
Yuri Gomes Paiva Azevedo, Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN
Bacharel em Ciências Contábeis pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN (2015). Mestrando em Ciências Contábeis do Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis - UFRN. Membro dos grupos de pesquisa: Estudos Avançados para a Sustentabilidade e Contabilidade e Avaliação Econômica e Financeira de Políticas Públicas. Atua nas áreas de Contabilidade Gerencial e Finanças Corporativas.
Raimundo Marciano Freitas Neto, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte - IFRN
Bacharel em Ciências Contábeis pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2011). Especialista em Direito Previdenciário pela Universidade Potiguar. Mestre pelo programa Multi-institucional e Inter-regional de Pós-graduação em Ciências Contábeis UnB / UFPB / UFRN. Doutorando pelo PPGA-UFRN. Professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte. Foi Sócio da Ermel e Freitas Contadores Associados. Membro dos grupos de pesquisa em Finanças (UFRN) e Contabilidade e Avaliação Econômica e Financeira de Políticas Públicas (UFRN).
Publicado
2017-12-23
Seção
Seção Nacional