Contingências Passivas e Teoria dos Prospectos: Análise dos Efeitos em Indicadores Financeiros de Empresas de Construção Civil e Construção Pesada

  • Thaís Alves da Silva Universidade Estadual de Maringá (UEM)
  • Simone Letícia Raimundini Sanches Universidade Estadual de Maringá (UEM)
  • Deisy Cristina Corrêa Igarashi Universidade Estadual de Maringá (UEM)
Palavras-chave: Passivos Contingentes. Construção. Indicadores. Teoria da Prospecção. Tomada de decisão.

Resumo

Objetivo: Analisar o efeito dos passivos contingentes nos indicadores econômico-financeiros de empresas dos segmentos de Construção Civil e Construção Pesada listadas na BM&FBovespa da Brasil Bolsa Balcão (B3).

Fundamento: A Teoria dos Prospectos assume o pressuposto de que informações sobre perdas possíveis (passivos contingentes) em empresas de construção civil e construção pesada são relevantes na tomada de decisão, pois indicam exposição ao risco de perdas futuras.

Método: Análise documental das Demonstrações Contábeis Consolidadas e Padronizadas, do ano de 2016, de 21 empresas de capital aberto do segmento de construção civil e pesada, e utilização do teste de Wilcoxon e teste de McNemar para comparar os indicadores econômico-financeiros antes e após a simulação de provisionamento dos Passivos Contingentes.

Resultados: Os Passivos Contingentes divulgados em 2016 podem causar efeitos significativos nos indicadores econômico-financeiros, principalmente nos indicadores de rentabilidade; não influenciam  expressivamente o número de empresas com Patrimônio Líquido Negativo; mas provocam aumento  significativo no número de empresas com Prejuízo Contábil no período, corroborando  a observação de que o saldo de Resultado Líquido de 2016 é sensível ao reconhecimento dos Passivos Contingentes, indicando exposição ao risco de perdas.

Contribuições: Contribui para a literatura sobre evidenciação de passivos contingentes e utilidade da informação contábil aos usuários externos no âmbito das Finanças Comportamentais. Contribui também para o estudo e uso dos indicadores financeiros na tomada de decisão a partir de informações que podem ter utilidade preditiva.

Biografia do Autor

Thaís Alves da Silva, Universidade Estadual de Maringá (UEM)

Mestra em Ciências Contábeis (Universidade Estadual de Maringá - UEM)

Professora do Departamento de Ciências Contábeis (Universidade Estadual de Maringá - UEM)

Contadora Pública (Prefeitura Municipal de Cianorte - PMC)

Simone Letícia Raimundini Sanches, Universidade Estadual de Maringá (UEM)

Doutora em Administração (Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS)

Professora do Departamento de Ciências Contábeis (Universidade Estadual de Maringá - UEM)

Deisy Cristina Corrêa Igarashi, Universidade Estadual de Maringá (UEM)

Doutora em Engenharia de Produção (Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC)

Professora do Departamento de Ciências Contábeis (Universidade Estadual de Maringá - UEM)

Publicado
2019-01-24
Como Citar
Silva, T. A. da, Sanches, S. L. R., & Igarashi, D. C. C. (2019). Contingências Passivas e Teoria dos Prospectos: Análise dos Efeitos em Indicadores Financeiros de Empresas de Construção Civil e Construção Pesada. Revista Evidenciação Contábil & Finanças, 7(1), 39-57. https://doi.org/10.22478/ufpb.2318-1001.0v0n0.35534
Seção
Seção Nacional