Apresentação do Dossiê: A Cooperação Internacional para o Desenvolvimento – debates e práticas

  • Iara C. Leite Universidade Federal de Santa Catarina
  • Pascoal T. Gonçalves Universidade Federal da Paraíba
  • Aline C. Castro Universidade Federal da Paraíba
  • Fernanda Cimini Universidade Federal da Minas Gerais

Resumo

O presente dossiê trata de um campo fundamental na vida internacional contemporânea, a Cooperação Internacional para o Desenvolvimento (CID), abordando seus debates e práticas. Em termos históricos, esse campo começa a se delinear após a Segunda Guerra Mundial, em um contexto em que a estabilidade econômica em regiões periféricas se mesclava com preocupações de segurança e geopolítica. O processo de descolonização, intensificado nesse período, gerou novos atores estatais, fazendo multiplicar a representação e demandas relativas ao chamado Terceiro Mundo. Ao mesmo tempo em que esses países se inseriam no sistema internacional, traziam a contestação da estrutura bipolar e questionavam  a condição de subdesenvolvimento. Esse foi o período da criação do Movimento dos Não-Alinhados na UNCTAD, do G-77 na Assembleia Geral da ONU, do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e da Conferência para o Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD), fortemente baseada nas teorias cepalinas de dependência. Com isso, o aparato de fomento à cooperação internacional ganha robustez, constituindo um campo de ação voltado para as novas demandas e necessidades relativas ao desenvolvimento.

Referências

N/A

Publicado
2018-07-31