UNILA – Análise dos discursos de criação de uma universidade pública

Resumo

Utilizado para analisar períodos de estabilidade e mudanças no processo de formulação da agenda governamental, o presente artigo aborda o Punctuated Equilibrium Model, traduzido para o português como Modelo do Equilíbrio Pontuado, para investigar o processo de formação e criação da Universidade Federal da Integração Latino-americana – UNILA. O objetivo se dá em analisar os principais discursos na promoção da Unila como política pública e que resultaram na implementação de uma universidade pública voltada à integração na região da Tríplice Fronteira. Uma ideia mantida até então somente no ideário do pensamento latino-americano, o qual reinvidicava uma instituição de ensino para a região e que veio a ser atendida, graças aos esforços dos agentes envolvidos no processo de tomada de decisão. Nesse sentido, ao analisar os discursos, percebe-se que os mesmos foram essenciais para instrumentalizar a construção de um consenso e promoção da política pública.

Biografia do Autor

Alex Dal Gobbo Abi, Universidade Federal do Paraná - Centro Universitário Internacional Uninter
Mestre em Políticas Públicas pela Universidade Federal do Paraná - UFPR, na linha de pesquisa: Economia Política do Estado Nacional e da Governança Global. Graduado em Ciência Política pelo Centro Universitário Internacional - UNINTER. Também Bacharel em Relações Internacionais pela mesma instituição. É pesquisador do Núcleo de Pesquisa em Relações Internacionais (NEPRI/UFPR). 
Alexsandro Eugenio Pereira, UFPR

Doutor em Ciência Política pela Universidade de São Paulo (USP); Docente dos Programas de Pós-Graduação em Ciência Política e em Políticas Públicas da Universidade Federal do Paraná (UFPR); Coordenador do NEPRI/UFPR (Núcleo de Pesquisa em Relações Internacionais) e Editor-Chefe da Revista Conjuntura Global. Vínculo Institucional: Departamento de Ciência Política, UFPR, Curitiba, PR, Brasil

Publicado
2019-12-31