A amplificação dos discursos populistas na América Latina: uma análise dos tweets de Jair Bolsonaro (2018) e Evo Morales (2019) durante as campanhas presidenciais

Autores

  • Matheus Ribeiro Pereira

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1807-8931.2021v17n04.58945

Palavras-chave:

Populismo, Twitter, Jair Bolsonaro, Evo Morales.

Resumo

Este artigo argumenta que os candidatos políticos utilizam as plataformas de redes sociais como forma de implementar discursos populistas, tendo em vista que esses espaços perduram narrativas identitárias e facilitam uma espécie de manipulação das massas. Para tanto, foram selecionados como estudo de caso os perfis no Twitter dos, então candidatos à presidência, Jair Messias Bolsonaro, entre os dias 08 e 27 de outubro de 2018, e Evo Morales, entre 29 de setembro e 18 de outubro de 2019. Para compreensão dos fenômenos observados, foi realizada uma pesquisa descritiva, com abordagem qualitativa, e Análise de Discurso, através da identificação de aspectos populistas apresentados pelos candidatos em seus tweets. O estudo conclui que os candidatos, de fato, mobilizaram características populistas, todavia pondera que cada um utilizou estratégias específicas a partir das demandas sociais e de seus posicionamentos políticos.

Downloads

Publicado

2021-04-04

Edição

Seção

Artigos