Discurso e publicidade em tempos de pandemia: mobilidade e constituição de enunciados na peça “ação sanitizante” do sabão em pó Brilhante

Autores

  • Danilo Silva de Meireles
  • Josenildo Soares Bezerra

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1807-8931.2021v17n04.58946

Palavras-chave:

Discurso, Publicidade, Enunciado, Análise do Discurso, Coronavírus.

Resumo

O artigo em questão analisou as alterações enunciativas, realizadas no período de pandemia do coronavírus, na propaganda do sabão em pó Brilhante veiculada em março de 2020. Identificou-se acréscimo de enunciados advindos do campo discursivo médico-científico e do senso comum, formações discursivas que constituem o acontecimento discursivo e simbólico, que refletem o momento atual em que o Brasil enfrenta uma das maiores crises sanitárias. Os enunciados foram apreendidos na justaposição das lentes teoréticas dispostas nos escritos do autor Michel Foucault (2008) e Fischer (2004 e 2018) pelo viés da Enunciação e do Discurso. E procedimento pela Análise do Discurso. Constatou-se que a publicidade tem a característica de retomar enunciados que foram excluídos por tantos outros ao longo do tempo em que os campos discursivos estão em voga no curso da história.

Downloads

Publicado

2021-04-04

Edição

Seção

Artigos