Corpus construído: juventude, fotografia e homogeneização corporal na sociedade contemporânea

Autores

  • Luiz Antonio Feliciano
  • Marcus Augusto Santos Silva
  • Priscila Kalinke da Silva

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1807-8931.2021v17n04.58958

Palavras-chave:

Juventude, Corpo, Fotografia, Mídia, Novas tecnologias.

Resumo

Este trabalho lança um olhar sobre a homogeneização corporal da sociedade contemporânea e o papel das imagens, sobretudo a fotografia, na construção desses modelos e, ainda, os motivos pelos quais a juventude tem se apropriado da tecnologia imagética para delinear (ou contrapor) os padrões aos quais ela se insere.  Com isso, aborda, também, como são utilizadas as novas tecnologias para inserção de discursos engendrados no seio da sociedade. Os sujeitos/colaboradores da pesquisa são meninas do nono ano, do ensino fundamental em um colégio na cidade de Resende-RJ. Foi aplicado um formulário de pesquisa com 21 alunas e, em outro momento, realizou-se entrevista com 06 delas. Debruçar-se sobre suas falas permitiram problematizações na relação juventude, corpo e fotografia. As análises não esgotam todas as possibilidades, mas apontam horizontes passíveis de serem alcançados.

Downloads

Publicado

2021-04-05

Edição

Seção

Artigos