PANORAMA DA ATUAÇÃO DO PROFISSIONAL ARQUIVISTA

Autores

  • Sonia Scoralick de Almeida UFPB
  • Emeide Nóbrega Duarte UFPB

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.2318-6186.2017v5n1.35867

Palavras-chave:

Profissional Arquivista. Atuação do Arquivista. Projeto Político Pedagógico – Arquivologia – UFPB. Lei nº 6546/78.

Resumo

Objetiva analisar a atuação do profissional arquivista no âmbito da UFPB, Campus I, a partir das atribuições estabelecidas pela Lei 6546/78 que rege a profissão e pelo que estabelece o Projeto Político Pedagógico – PPP do curso de arquivologia da UFPB; elenca as competências e as habilidades requeridas do profissional; analisa a grade curricular do curso; mostra o perfil do profissional; aponta as facilidades e as barreiras encontradas no fazer arquivístico e as condições em que se encontram os arquivos da Instituição. A partir desses pontos, oferece sugestões para melhorias e adequações necessárias ao exercício da profissão. É um estudo exploratório e descritivo. A pesquisa caracteriza-se como bibliográfica, de campo, de natureza quanti-qualitativa. Os instrumentos de coleta de dados foram a observação direta e o formulário com questões objetivas e abertas, no qual a pesquisadora fez a entrevista formulando as perguntas e anotando as respostas do entrevistado. Os sujeitos desta pesquisa são os arquivistas que compõem o quadro nesta função na UFPB, Campus I. A análise dos resultados permitiu identificar as facilidades e as barreiras que o arquivista encontra no exercício da profissão e possibilitou elencar suas reivindicações e sugestões com vistas a atender às demandas para uma gestão eficiente dos arquivos.

 

 

Biografia do Autor

Sonia Scoralick de Almeida, UFPB

Graduada em Arquivologia pela Universidade Federal da Paraíba

Emeide Nóbrega Duarte, UFPB

Professora Doutora do Departamento de Ciência da Informação da Universidade Federal da Paraíba

Referências

ALVES, I. N. C. N.; FRANÇA, A. L. D. de. In: IV Simpósio Baiano de Arquivologia. A lei 6546/78 e os concursos públicos: a exigência de escolaridade do profissional arquivista. Disponível em: <http://www.arquivistasbahia.org/4sba/wp-content/uploads/2013/10/Tem%C 3%A1tica-III-IssacNewtonA-LEI-6546-78-E-OS-CONCURSOS-PUBLICOS.pdf>. Acesso em: 09 mar. 2016.

ARAÚJO, C. A. Á.; TANUS, G. F. S. C. O ensino da arquivologia no Brasil: fases e influências. Encontros Bibli: revista eletrônica de biblioteconomia e ciência da informação. V. 18, n. 37, p. 83-102, maio/ago., 2013.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 6023: Informação e Documentação - Referências - Elaboração. Rio de Janeiro: ABNT, 2000.

BELLOTO, H. L. Arquivística: objetos, princípios e rumos. São Paulo, Associação dos Arquivistas de São Paulo, 2002.

______ Arquivos Permanentes: Tratamento Documental. 4. ed. Rio de Janeiro: Ed. FGV, 2006. 320 p.

______.______. O arquivista na sociedade contemporânea. In: Arquivos Permanentes: Tratamento Documental. Rio de Janeiro: Ed. FGV, 2006. Disponível em: <https://www.marilia.unesp.br/Home/Extensao/CEDHUM/ texto01.pdf>. Acesso em: 16 abr. 2016.

BELLUZZO, R. C. B. As competências do profissional da informação nas organizações contemporâneas. Disponível em: <https://rbbd.febab.org.br/rbbd/article/view/180>. Acesso em: 26 jun. 2016.

BRASIL. Ministério do Trabalho e Emprego – MTE. Portal do Trabalho e Emprego. Classificação Brasileira de Ocupações – CBO. Disponível em: <http://www.mtecbo.gov.br/cbosite/pages/pesquisas/BuscaPorTitulo.jsf>. Acesso em: 09 fev. 2016.

BRASIL. Lei nº 6.546, de 4 de julho de 1978, que dispõe sobre a regulamentação das profissões de Arquivista e de técnico de Arquivo. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/1970-1979/L6546. htm>. Acesso em: 22 jan. 2016.

BRASIL. Decreto 82590 de 06 de novembro de 1978, que regulamenta a Lei nº 6.546, de 4 de julho de 1978, que dispõe sobre a regulamentação das profissões de Arquivista e de técnico de Arquivo. Disponível em: <http://www4.planalto.gov.br/legislacao/legislacao-1/decretos1/decretos1/ 1979-1970#content>. Acesso em: 09 fev. 2016.

BRASIL. Lei 8159 de 08 de janeiro de 1991. Dispõe sobre a política nacional de arquivos públicos e privados e dá outras providências . Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/Ccivil_03/LEIS/L8159.htm>. Acesso em: 27 abr. 2016.

DUARTE, R. Pesquisa Qualitativa: Reflexões sobre o trabalho de Campo. Disponível em: http://unisc.br/portal/upload/com_arquivo/pesquisa_qualitativa_reflexoes_sobre_o_trabalho_de_campo.pdf Acesso em 06 jun. 2016.

DUARTE, Z. Arquivo e arquivista: conceituação e perfil profissional. Revista da Faculdade de Letras, Ciências e Técnicas do Património. Porto 2006-2007. I Série vol. V-VI, pp. 141-151. Disponível em: <http://ler.letras.up.pt/uploads/ ficheiros/6624.pdf>. Acesso em: 16 fev. 2016.

ICA – Internacional Council on Archives. Declaração Universal sobre os Arquivos. 2010. Disponível em: <http://www.ica.org/sites/default/files/ICA _2010_Universal-Declaration-on-Archives_PT.pdf>. Acesso em: 28 abr. 2016.

JARDIM, J. M. A formação do arquivista na sociedade da informação. In: ACTAS – Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas , v. 7, 2001. Disponível em: <http://www.bad.pt/publicacoes/ index.php/congressosbad/article/view/707/706>. Acesso em: 16 fev. 2016.

LOPEZ, A. P. A. Perspectivas gerais sobre a formação de arquivistas no Brasil. Disponível em: <http://repositorio.unb.br/handle/ 10482/12177>. Acesso em: 27 fev. 2016.

LOPEZ, A. P. A. O ser e o estar arquivista no Brasil de hoje. Disponível em: <http://www.aag.org.br/anaisxvcba/conteudo/resumos/ mesa_redonda2/andreporto.pdf>. Acesso em 27 fev. 2016.

MARCONI, M. de A. LAKATOS, E. M. Metodologia do Trabalho Científico. 7. ed. São Paulo: Ed. Atlas, 2012.

OLIVEIRA, F. H. de. A formação em Arquivologia nas universidades brasileiras: objetivos comuns e realidades particulares. (Tese de Doutorado). FCI/Universidade de Brasília, UnB, 2014. 223 fl.

______. A formação do Arquivista na Universidade de Brasília e sua inserção no mercado de trabalho da capital federal. In: XI Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação. 2010. GT6 Informação, Educação e Trabalho. Disponível em: <http://enancib.ibict.br/index.php/enancib/ xienancib/paper/viewFile/3515/2640>. Acesso em: 10 abr. 2016.

PAES, M. L. Arquivo: Teoria e Prática. 3. ed, Rio de Janeiro: Ed. FGV, 2004, 228 p.

PORTAL DO ARQUIVISTA. Disponível em: <http://www.arquivista.net/2015/02 /27/curso-tecnico-de-arquivo-a-distancia-ead/>. Acesso em 01 mar. 2016.

RIBEIRO, F. A Arquivística aplicada no Campo da Ciência da Informação. Disponível em: <http://periodicos.ufpb.br/ojs/index.php/pgc/ article/view/9887/5619>. Acesso em: 21 abr. 2016.

SCHÄFER, M. B.; SANCHES, M. A. B. A relação do Arquivista com a gestão do conhecimento: análise em uma instituição pública federal. Disponível em: <http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/informacao/article/view/11451>. Acesso em: 06 jul. 2016.

SANTOS, G. do N. dos; BARBALHO C. R. S.; SANTOS FILHA, R. Damasceno dos. Mercado de Trabalho para o Arquivista: um estudo da demanda no setor público em Manaus. Disponível em: <http://racin.arquivologiauepb.com.br/edicoes/v3_n1/racin_v3_n1_ artigo05.pdf>. Acesso em: 11 fev. 2016.

SCHELLENBERG, T. R. Arquivos Modernos: Princípios e Técnicas. 6. ed. Rio de Janeiro: Ed: FGV, 2006, 388 p.

SERRA JUNIOR, L. R. O papel do arquivista na gestão do conhecimento. In: II Congresso Nacional de Arquivologia, 2006, Porto Alegre -RS. Anais do II Congresso Nacional de Arquivologia, 2006. Disponível em: <http://tudosobrearquivologia.files.wordpress.com/2009/12/modulo-1-o-papel-do-arquivista>. Acesso em: 04 mai. 2016.

SOUSA, M. A. L. de; MEDLEG, G. O arquivista como cientista da informação: formação e perspectivas profissionais. In: V ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO. Anais Ancib . Belo Horizonte (2003). Disponível em: <http://gtancib.fci.unb.br/ index. php/gt-06/161-v-enancib/gt-06-informacao-educacao-e-trabalho/ 637-producao-v-enancib-2003>. Acesso em: 02 mai. 2016.

SOUZA, S. O Arquivista nas Instituições do Poder Executivo Federal: da formação profissional às demandas do mundo do trabalho. Archeion Online, João Pessoa, v.2, n.1, p. 67- 89, jan./jun. 2014.

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA. CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO. Resolução 42/2008. Aprova o Projeto Político-Pedagógico do Curso de Graduação em Arquivologia, na modalidade Bacharelado, do Centro de Ciências Sociais Aplicadas, Campus I, desta Universidade.<http://www.ufpb.br/sods/ consepe/resolu/2008/Rsep42_2008.htm>. Acesso em: 09 fev. 2016.

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA. Projeto Político Pedagógico PPP do curso de Arquivologia. 2008. Disponível em: <https://fundamentosdarquivistica.files.wordpress.com/2013/11/ppp_arquivologia.pdf>. Acesso em: 22 jan. 2016.

VASCONCELLOS, C. dos S. Planejamento. 15. ed. São Paulo: Libertad, 1996.

Downloads

Publicado

2017-08-25

Como Citar

ALMEIDA, S. S. de; DUARTE, E. N. PANORAMA DA ATUAÇÃO DO PROFISSIONAL ARQUIVISTA. Archeion Online, [S. l.], v. 5, n. 1, p. 77–107, 2017. DOI: 10.22478/ufpb.2318-6186.2017v5n1.35867. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/ojs/index.php/archeion/article/view/35867. Acesso em: 17 maio. 2021.

Edição

Seção

Relatos de Pesquisa