Objetos digitais Fair

abordando a complexidade no processo de gestão de dados de pesquisa

Autores

  • Guilherme Ataide Dias Universidade Federal da Paraíba
  • Lucilene Klenia Rodrigues Bandeira
  • Renata Lemos dos Anjos UFPB

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.2318-6186.2023v11nEdição%20Especial.68962

Palavras-chave:

Gestão de dados científicos, Objetos digitais, Objetos digitais FAIR, Tecnologias da informação e comunicação

Resumo

Essa investigação tem como objetivo desvendar e discutir as principais características dos objetos digitais FAIR. Esses artefatos apresentam-se como uma solução contemporânea para a otimização da gestão de dados de pesquisa.  A implementação dos objetos digitais FAIR encontram-se em processo de desenvolvimento pela comunidade científica, porém já se apresenta como uma alternativa viável para atender às demandas emergentes associadas com a gestão de grandes volumes de dados, caracterizados pela heterogeneidade e diversas granularidades. Destacam-se, ademais, as demandas que as novas ferramentas de inteligência artificial podem impor ao contexto da gestão de dados de pesquisa. A pesquisa empreendida é classificada como exploratória, bibliográfica e de cunho qualitativo. A obtenção de informações acerca dos objetos digitais FAIR foi realizada através de pesquisas no Portal de Periódicos da CAPES, do Google Scholar e visitas aos sites canônicos relacionados ao tema investigado. Com base nas análises efetuadas, conclui-se que os objetos digitais FAIR representam uma possibilidade factível para abordar a complexidade na gestão de dados de pesquisa. Os conceitos e tecnologias subjacentes aos objetos digitais FAIR podem contribuir para o desenvolvimento de outras pesquisas na área da Ciência da Informação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Guilherme Ataide Dias, Universidade Federal da Paraíba

raduado em Ciência da Computação pela Universidade Federal da Paraíba UFPB Campus II (1990), Bacharel em Direito pelo Centro Universitário de João Pessoa UNIPE (2010), Mestre em Organization & Management pela Central Connecticut State University CCSU (1995), Doutor em Ciência da Informação (Ciências da Comunicação) pela Universidade de São Paulo USP (2003) e Pós-Doutor pela UNESP (2011). Atualmente é professor Associado I na Universidade Federal da Paraíba, lotado no Departamento de Ciência da Informação. Está envolvido com a Pós-Graduação através do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação e Programa de Pós-Graduação em Administração, ambos da UFPB . Tem interesse de pesquisa nas seguintes temáticas: Representação do Conhecimento; Arquitetura da Informação; Segurança da Informação; Tecnologias da Informação e Comunicação; Informação em Saúde; Redes Sociais; Software Livre; Direito, Ética e Propriedade Intelectual no Ciberespaço; Informação Jurídica. Correntemente é Vice-Coordenador Nacional do Grupo de Trabalho Informação e Tecnologia da ANCIB e Bolsista de Produtividade em Pesquisa (PQ) do CNPq.

Referências

ANDERS, I. et al. FAIR Digital Object Technical Overview Version PEN 2.0, 2023. Zenodo. Disponível em: https://doi.org/10.5281/zenodo.7824714. Acesso em: 11 set. 2023.

BORGMAN, C. L; BRAND, A. The Future of Data in Research Publishing: From nice to have to need to have? Harvard Data Science Review, n. Special Issue 5, 21 dez. 2023. Disponível em: https://hdsr.mitpress.mit.edu/pub/imfn7i7f. Acesso em: 28 dez. 2023.

CALLAGHAN, S. et al. Making data a first class scientific output: data citation and publication by NERC’s Environmental Data Centres. International Journal of Digital Curation, v. 7, n. 1, p. 107–113, 10 mar. 2012. Disponível em: https://doi.org/10.2218/ijdc.v7i1.218. Acesso em: 28 dez. 2023.

DE SMEDT, K.; KOUREAS, D.; WITTENBURG, P. FAIR Digital Objects for Science: From Data Pieces to Actionable Knowledge Units. Publications, v. 8, n. 2, 2020. Disponível em: https://doi.org/10.3390/publications8020021. Acesso em: 11 set. 2023.

DIAS, G. A. et al. Publicando dados de pesquisa: contextualizando as principais etapas e elementos envolvidos no processo. Ciência da Informação, [S. l.], v. 49, n. 3, p. 115-127, nov. 2020. DOI: 10.18225/ci.inf.v49i3.5501. Disponível em: https://revista.ibict.br/ciinf/article/view/5501. Acesso em: 28 dez. 2023.

FAIR DIGITAL OBJECTS FORUM. A1 What is a FAIR Digital Object (FDO)? 2023. Disponível em: https://fairdo.org/library/. Acesso em: 27 dez. 2023.

FAIR DIGITAL OBJECTS FORUM. FAIR Digital Objects. 2023a Disponível em: https://fairdo.org/1316-2/ . Acesso em: 27 dez. 2023.

FAIR DIGITAL OBJECTS FORUM. FDO Specifications. 2023b Disponível em: https://fairdo.org/specifications/. Acesso em: 27 dez. 2023.

GOFAIR. FAIR principles. 2023. Disponível em: https://www.go-fair.org/fair-principles/. Acesso em: 06 set. 2023.

KAHN, R.; ELY, D. K. System for uniquely and persistently identifying, managing, and tracking digital objects. United States. US6135646A, 24 out. 2000. Disponível em: https://patentimages.storage.googleapis.com/b1/1d/24/98a0a11303dd05/US6135646.pdf. Acesso em: 11 set. 2023.

SANTOS, L. O. B. S. FAIR Digital Object Framework Documentation Working Draft. 2022. Disponível em: https://fairdigitalobjectframework.org/. Acesso em: 29 dez. 2023.

SEIXAS, R. Carimbador Maluco. In: RAUL SEIXAS. Faixa 7. [S.l.]: Estúdio Eldorado Ltda., 1983. 1 disco de vinil.

SCHWARDMANN, U. Digital Objects – FAIR Digital Objects: Which Services Are Required? Data Science Journal, v.19, n.1, p. 1-6, 2020. Disponível em: https://datascience.codata.org/articles/10.5334/dsj-2020-015. Acesso em: 11 set. 2023.

WILKINSON, M. D. et al. The FAIR Guiding Principles for scientific data management and stewardship. Scientific Data. v. 3, n.1, p. 1-9, mar. 2016. Disponível em: http://doi.org/10.1038/sdata.2016.18 . Acesso em: 11 set. 2023.

WITTENBURG, P.; STRAWN, G. Revolutions Take Time. Information, v.12, n.11, 2021. Disponível em: https://doi.org/10.3390/info12110472. Acesso em: 28 dez. 2023.

Downloads

Publicado

29-12-2023

Como Citar

DIAS, G. A.; KLENIA RODRIGUES BANDEIRA, L.; LEMOS DOS ANJOS, R. Objetos digitais Fair : abordando a complexidade no processo de gestão de dados de pesquisa. Archeion Online, [S. l.], v. 11, n. Edição Especial, p. p.219–232, 2023. DOI: 10.22478/ufpb.2318-6186.2023v11nEdição Especial.68962. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/ojs/index.php/archeion/article/view/68962. Acesso em: 15 abr. 2024.