Substituição dos minerais inorgânicos por orgânicos e duas granulometrias de calcário na dieta de poedeiras comerciais leves

  • Marcio Gleice Mateus Alves Universidade Estadual Vale do Acaraú
  • Silvana Cavalcante Bastos-Leite
  • Cláudia de Castro Goulart
  • Josefa Dêis Brito Silva
  • Fabrízia Melo de Medeiros

Resumo

Avaliou-se o efeito dos minerais orgânicos e inorgânicos e duas granulometrias de calcário para poedeiras leves sobre o desempenho, qualidade do ovo e qualidade óssea. Foram utilizadas 180 aves da linhagem Hy-Line White, distribuídas em um delineamento inteiramente casualizado em um esquema fatorial (2x2), e cinco repetições, com nove aves por parcela. O experimento teve duração de 112 dias, divididos em quatro ciclos de 28 dias. Os tratamentos consistiram: T1= minerais inorgânicos + 100% de calcário fino; T2= minerais inorgânicos + 50% de calcário fino + 50% de calcário grosso; T3= minerais orgânicos + 100% de calcário fino; T4= minerais orgânicos + 50% de calcário fino + 50% de calcário grosso. O consumo de ração, produção de ovos, peso do ovo, massa de ovo, conversão alimentar por massa e dúzia de ovo, porcentagem de albúmen, gema, casca e as características ósseas apresentaram melhores resultados com adição de minerais orgânicos ou inorgânicos e a associação destes a duas granulometrias de calcário.
Publicado
2015-05-23
Seção
Artigo Científico