Influência da inoculação de rizóbios sobre a germinação e o vigor de plântulas de cornichão e azevém

  • Adriana Ferreira Martins
  • Flávio Pereira de Oliveira
  • Luciano Kayser Vargas
  • Gilson Schlindwein
  • Bruno Brito Lisboa
  • Enilson Luiz Saccol de Sá

Resumo

Os rizóbios, conhecidos por sua capacidade de fixar nitrogênio em associação com leguminosas, também se mostram capazes de promover o crescimento de não-leguminosas, especialmente pela produção de ácido indol-acético (AIA). O objetivo deste trabalho foi avaliar a influência de rizóbios sobre a germinação e o vigor de sementes de cornichão (Lotus corniculatus L.) e azevém (Lolium multiflorum Lam.), bem como relacionar com a capacidade de produção de ácido indol-acético (AIA) por isolados de rizóbios. Procedeu-se à inoculação de sementes de cornichão e azevém com isolados para a avaliação dos rizóbios sobre a germinação e o vigor de plântulas e realizou-se a determinação da produção de AIA pelos rizóbios. Nos resultados obtidos o isolado UFRGS Lu 59, mesmo produzindo concentração de AIA menor que os demais, apresentou melhor desempenho, principalmente sobre a germinação de sementes de azevém, sendo que a inoculação com rizóbios não apresentou efeito sobre o índice de velocidade de germinação de sementes de cornichão, ao contrário das sementes de azevém que apresentaram diferenças entre tratamentos.A inoculação com rizóbios que produzem baixas quantidades de AIA podem acelerar o processo de germinação das sementes de cornichão e azevém.
Publicado
2015-11-03
Como Citar
Martins, A. F., Oliveira, F. P. de, Vargas, L. K., Schlindwein, G., Lisboa, B. B., & Sá, E. L. S. de. (2015). Influência da inoculação de rizóbios sobre a germinação e o vigor de plântulas de cornichão e azevém. Agropecuária Técnica, 36(1), 294-302. https://doi.org/10.25066/agrotec.v36i1.26344
Seção
Artigo Científico