Traduzindo Memes Of Translation de Andrew Chesterman para o português brasileiro

  • Monique Pfau UFBA

Resumo

Na graduação e principalmente na pós-graduação de áreas das Ciências Humanas das universidades brasileiras, professores(as), pesquisadores(as) e estudantes trabalham com produções textuais estrangeiras, especialmente no que se refere às teorias de base para a fundamentação teórica de suas áreas de conhecimento. Muitos textos fundamentais já estão traduzidos para o português, entretanto, ainda há uma quantidade expressiva de textos que se encontram somente em língua estrangeira com acesso restrito aos proficientes na(s) língua(s) em que o texto se encontra disponível. Neste sentido, com o objetivo de contribuir para o acervo de texto teóricos traduzidos para o português brasileiro e de formar tradutoras e tradutores na Universidade Federal da Bahia, optou-se pela tradução da obra Memes of Translation, de Andrew Chesterman em uma prática de metatradução. A obra está sendo traduzida por cinco tradutoras em formação sob supervisão da professora. Para iniciar o processo, elaborou-se um projeto e um glossário para buscar consistência em uma obra traduzida por várias mãos. O projeto e o processo tradutório mostram a complexidade da tradução de uma obra de cunho acadêmico. Leva-se em consideração a terminologia específica, a escrita acadêmica, as citações de obras já traduzidas para o português, os exemplos de estratégias de traduções elencadas no texto-fonte (inglês-alemão) e até o senso de humor peculiar de Chesterman. Assim, observa-se que a tradução de obras teóricas apresenta uma série de especificidades que merecem mais atenção na pesquisa em Estudos da Tradução, especialmente no Brasil.
Publicado
2020-04-28
Seção
Entrad2019: Formação do/a Tradutor/a-Pesquisador/a em Tradução