SAÚDE E SALVAÇÃO: QUESTÕES DE FUNDO E TRÊS COSMOVISÕES RELIGIOSAS ACERCA DA CURA

Autores

  • Marcelo Lopes UFJF

Palavras-chave:

Cura, Religiões, História.

Resumo

O presente artigo pretende revisitar uma temática bastante cara àqueles que se dedicam a estudar a história das religiões, qual seja, a cura religiosa. Inicialmente procuramos discutir questões metodológicas pertinentes à pesquisa sobre esta temática no meio acadêmico. Em seguida focamos nosso esforço heurístico nos binômios religião-cura e doença-cura. Por fim, conforme anunciado no título deste ensaio, apresentamos sinteticamente três cosmovisões religiosas sobre a cura, quais sejam, concepção mesopotâmica da cura, a concepção da cura no antigo Egito e a concepção da cura no extremo oriente. Daí depreendemos que tanto as religiões quanto as ciências médicas têm muito a contribuir para a promoção do bem-estar e da cura do homem contemporâneo, sobretudo se agirem em sinergia. Assim, o escopo do trabalho é o de alçar esta temática deveras instigante e pertinente ao lócus do público acadêmico e leigo.

Biografia do Autor

Marcelo Lopes, UFJF

Doutorando em Ciência da Religião pelo Programa de Pós-Gaduação em Ciência da Religião da Universidade Federal de Juiz de Fora. Integrante dos Grupos de Pesquisa - NEPROTES (Núcleo de Estudos em Protestantismo e Teologias - UFJF/CNPq) e o do - NERCS (Núcleo de Estudos da Religião, Cultura e Sociedade - UFJF/CNPq).

Downloads

Publicado

2015-09-08

Como Citar

LOPES, M. SAÚDE E SALVAÇÃO: QUESTÕES DE FUNDO E TRÊS COSMOVISÕES RELIGIOSAS ACERCA DA CURA. Sæculum – Revista de História, [S. l.], n. 31, p. 29, 2015. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/ojs/index.php/srh/article/view/13. Acesso em: 25 jun. 2021.

Edição

Seção

Dossiê: História e Saberes Médicos