SUICÍDIO E MEDICINA: O SUICÍDIO VISTO PELO SABER MÉDICO DURANTE A DÉCADA DE 1920

Autores

  • Pedro Frederico Falk

Palavras-chave:

Teses Médicas, Faculdade de Medicina da Bahia, Suicídio e Eutanásia, Década de 1920.

Resumo

A Faculdade de Medicina da Bahia foi, durante muitos anos, um dos focos da produção do conhecimento médico no Brasil. Ela seguia os preceitos da Medicina Legal, que buscava a intervenção médica no corpo social e a produção das teses médicas buscava abordar os temas relevantes na época. As teses, produzidas durante a década de 1920, se baseavam nos valores cristãos, morais e raciais da época quando o corpo médico buscava intervir na sociedade a fim de mudar esses hábitos e costumes sociais, ou seja, os valores expressados pela sociedade. O seguinte artigo relata as nuances das teses médicas da época dedicadas especificamente no que se referem ao campo do suicídio e eutanásia. Com base numa pesquisa qualitativa e leituras da área de história social, história da medicina e história cultural, buscamos analisar as teses médicas por esse viés.

Biografia do Autor

Pedro Frederico Falk

Mestre em História pela Universidade Federal de Pernambuco. A pesquisa contou com o apoio financeiro da CAPES.

Downloads

Publicado

2014-12-31

Como Citar

FALK, P. F. SUICÍDIO E MEDICINA: O SUICÍDIO VISTO PELO SABER MÉDICO DURANTE A DÉCADA DE 1920. Sæculum – Revista de História, [S. l.], n. 31, p. 187, 2014. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/ojs/index.php/srh/article/view/169. Acesso em: 25 jun. 2021.

Edição

Seção

Dossiê: História e Saberes Médicos