IDENTIDADES NACIONAIS E CULTURA POPULAR NA HISTORIOGRAFIA DE AFONSO ARINOS

Autores

  • Alessandra Soares Santos

Resumo

Propomos uma análise da tríade de interpretação histórica publicada por Afonso Arinos na década de 1930 – Introdução à realidade brasileira (1933), Preparação ao nacionalismo (1934) e Conceito de civilização brasileira (1936) –, tendo em vista a sua interpretação da cultura popular e da constituição da nacionalidade brasileira. Estas obras tornam mais complexas as interpretações de seu pensamento histórico e de seu discurso democrático e liberal, revelando suas ambiguidades, bem como expressam a face reacionária, autoritária, antissemita e racista pouco conhecida deste autor.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2013-12-31

Como Citar

SANTOS, A. S. IDENTIDADES NACIONAIS E CULTURA POPULAR NA HISTORIOGRAFIA DE AFONSO ARINOS. Sæculum – Revista de História, [S. l.], n. 29, 2013. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/ojs/index.php/srh/article/view/19834. Acesso em: 19 jan. 2022.