MEMÓRIA E RELATO HISTÓRICO NOS COMMENTARII DE BELLO GALLICO DE JÚLIO CÉSAR

Autores

  • Edilane Vitório Cardoso Universidade Federal do Piauí

Palavras-chave:

Memória, História, Commentarii de Bello Gallico, Júlio César.

Resumo

Na antiguidade, o conceito de história ainda possui uma significação bastante ampla, etimologicamente, remete à ideia de testemunha, estando associado ao ver e ao saber. As produções historiográficas desta época são semelhantes a relatos de viagem, relatórios de pesquisa ou narrativas informativas, que compreendem alguns aspectos da realidade dignos de alusão e de memória. Sendo assim, considerando uma obra representativa do século I a.C., o trabalho a seguir se propõe a desenvolver um estudo acerca da memória e do relato histórico nos Commentarii de Bello Gallico. O objetivo central é analisar a relação que se estabelece entre ambos os temas, uma vez que é possível perceber a recorrência de aspectos memorialísticos no que diz respeito ao registro dos acontecimentos. Para a fundamentação dessa discussão, o trabalho se baseará nos textos de Tetárt, Dosse, além dos estudos de Le Goff e de Gagnebin.

Biografia do Autor

Edilane Vitório Cardoso, Universidade Federal do Piauí

Mestre em Estudos Literários pela Universidade Federal do Piauí.

Downloads

Publicado

2014-12-31

Como Citar

CARDOSO, E. V. MEMÓRIA E RELATO HISTÓRICO NOS COMMENTARII DE BELLO GALLICO DE JÚLIO CÉSAR. Sæculum – Revista de História, [S. l.], n. 31, p. 264, 2014. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/ojs/index.php/srh/article/view/257. Acesso em: 25 jun. 2021.