“Ciganos da construção”: a divulgação de acidentes de trabalho na construção civil pela imprensa durante a ditadura militar brasileira

Autores

  • Ana Beatriz Ribeiro Barros Silva Universidade Federal da Paraíba

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.2317-6725.2018v39n39.41393

Palavras-chave:

Acidentes de trabalho, Construção civil, Ditadura militar

Resumo

Partindo da concepção de que os acidentes e doenças do trabalho representam a culminância do processo de exploração capitalista e, portanto, têm o potencial de revelar as condições de vida e trabalho vigentes nas conjunturas estudadas, o presente artigo discute como os índices oficiais de sinistros laborais elaborados pela Previdência Social, e demais questões relacionadas à infortunística, foram tratados pela imprensa nos primeiros anos da década de 1970, sobretudo pelos jornais O Estado de São Paulo, Opinião e Movimento. De forma complementar, também serão evocadas algumas fontes oficiais ligadas ao Ministério do Trabalho, e que, portanto, veiculavam o posicionamento oficial do governo no campo da sinistralidade laboral. Com enfoque nos “ciganos das construções”, como eram chamados os operários da construção civil, setor que passou por notável expansão durante o período, buscaremos apontar alguns aspectos que muito revelam sobre o modelo de desenvolvimento excludente adotado pela ditadura militar, baseado na super-exploração da força de trabalho e no favorecimento ao grande capital: a migração, a informalidade, a fiscalização dos ambientes de trabalho, a extensão das jornadas, a pressão pelo cumprimento de prazos, o desrespeito pelas normas de higiene e segurança do trabalho, a descartabilidade das vidas dos trabalhadores – tanto nas obras de pequeno porte quanto nas grandes catástrofes, como a Gameleira e a ponte Rio-Niterói.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Beatriz Ribeiro Barros Silva, Universidade Federal da Paraíba

Doutora em História pela UFPE; Bolsista de Pós-Doutorado junto ao PPGH-UFPB (PNPD/CAPES).

Downloads

Publicado

2018-12-17

Como Citar

RIBEIRO BARROS SILVA, A. B. “Ciganos da construção”: a divulgação de acidentes de trabalho na construção civil pela imprensa durante a ditadura militar brasileira. Sæculum – Revista de História, [S. l.], v. 39, n. 39, p. 149–166, 2018. DOI: 10.22478/ufpb.2317-6725.2018v39n39.41393. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/ojs/index.php/srh/article/view/41393. Acesso em: 29 jul. 2021.

Edição

Seção

Dossiê: As ditaduras militares no Brasil e no Cone Sul: História, Historiografia e Memória