FANATISMO RELIGIOSO E CURANDEIRISMO NA COLÔNIA ALEMÃ DE SÃO LEOPOLDO: A(IM)POSIÇÃO DAS IDEIAS DAQUELES QUE (RE) ESCREVEM A (SUA) HISTÓRIA (1868-1874)

Autores

  • Daniel Luciano Gevehr Faculdades Integradas de Taquara (FACCAT).

Palavras-chave:

Imigração Alemã, Conflito Mucker, Fanatismo Religioso, Curandeirismo.

Resumo

O trabalho apresenta três importantes fontes históricas para o estudo do conflito Mucker, que ocorreu no final do século XIX na Antiga Colônia Alemã de São Leopoldo (RS). Inserido no contexto da imigração alemã no sul do Brasil o conflito Mucker foi o único movimento messiânico ocorrido em ambiente protestante no Brasil e liderado por uma mulher, Jacobina Mentz Maurer. Esses elementos presentes na natureza do conflito conferem a ele características singulares na história dos movimentos sociais no Brasil. Nesse contexto, analisamos as obras produzidas por três autores – Karl Von Koseritz, Francisco de Santiago Dantas e Ambrósio Schupp – que ainda no final do século XIX, foram os principais responsáveis pela produção e difusão de representações sobre os líderes do movimento. Esses, através de seus escritos, influenciaram profundamente o imaginário da população, na medida em que associaram Jacobina e João Jorge Maurer, conhecidos como o “Casal Maurer”, às práticas religiosas e o curandeirismo. Notamos que nas três perspectivas apresentadas, Jacobina e João Jorge Maurer foram apresentados como enganadores e responsáveis pelo fanatismo presente na Colônia Alemã.

Biografia do Autor

Daniel Luciano Gevehr, Faculdades Integradas de Taquara (FACCAT).

Doutor em História pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos. Professor e pesquisador do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional das Faculdades Integradas de Taquara (FACCAT).

Downloads

Publicado

2014-12-31

Como Citar

GEVEHR, D. L. FANATISMO RELIGIOSO E CURANDEIRISMO NA COLÔNIA ALEMÃ DE SÃO LEOPOLDO: A(IM)POSIÇÃO DAS IDEIAS DAQUELES QUE (RE) ESCREVEM A (SUA) HISTÓRIA (1868-1874). Sæculum – Revista de História, [S. l.], n. 31, p. 65, 2014. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/ojs/index.php/srh/article/view/47. Acesso em: 25 jun. 2021.

Edição

Seção

Dossiê: História e Saberes Médicos